Morre jornalista Socorro Pitombo, que chefiou comunicação da Uefs

bahia
10.01.2022, 20:04:31
(Foto: Divulgação)

Morre jornalista Socorro Pitombo, que chefiou comunicação da Uefs

Servidora pública aposentada faleceu no domingo, aos 78 anos

A Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) comunicou nesta segunda-feira (10) a morte da servidora pública aposentada Socorro Pitombo. A profissional atuou por muitos anos como jornalista da Uefs, do Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca) e também Assessora Chefe da Ascom da faculdade. 

"Socorro Pitombo deu uma contribuição significativa ao trabalho da comunicação institucional da Uefs. Atuou como Assessora Chefe da Ascom e realizou nos últimos anos de atuação na instituição um excelente trabalho no Centro Universitário de Cultura e Arte. Deixa uma bela história na sua trajetória", ressaltou o reitor da universidade, Evandro do Nascimento

A jornalista faleceu na manhã de domingo (9), aos 78 anos, em decorrência de problemas cardiorrespiratórios. Ela estava internada há cerca de 20 dias no Hospital da Bahia, em Salvador, onde passou por um procedimento cirúrgico. A jornalista deixa três filhos – Renata, Lara e Raphael Pitombo – e uma legião de amigos.

O corpo da jornalista foi velado no Centro de Velórios Pax Bahia, no bairro SIM, e o sepultamento ocorreu às 11h desta segunda-feira (10), no Cemitério Piedade, no Centro da cidade.

Nas redes sociais da Uefs, na nota de pesar sobre a morte da jornalista, os seguidores lamentaram a perda. "Triste notícia! Socorro era uma doçura em pessoa. Que Deus a receba!", disse um internauta. "Nunca conheci Socorro, mas desde criança a via circulando pela cidade. Sempre a enxerguei como uma mulher moderna, emancipada, um modelo a seguir. Que vá em paz, e Deus conforte familiares e amigos", afirmou outro. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas