MP denuncia dois servidores da Uefs por receber quase R$ 50 mil indevidamente

bahia
05.09.2018, 12:13:00
Atualizado: 05.09.2018, 12:14:22

MP denuncia dois servidores da Uefs por receber quase R$ 50 mil indevidamente

A denúncia revela que o montante desviado era de cerca de R$2,5 mil por mês, com algumas interrupções

O Ministério Público estadual (MPE) da Bahia informou nesta quarta-feira (05) que dois ex-servidores da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) foram denunciados  pelo recebimento de R$47.542,98 em vantagens indevidas. 

Segundo o MPE,  Everaldo de Oliveira Santana Júnior e Caroline Nunes da Silva,  o desvio de recursos aconteceu entre os meses de julho de 2014 e outubro de 2017.

De acordo com a denúncia apresentada pelo promotor de Justiça Tiago de Oliveira Quadros, os valores eram creditados por Everaldo, então assessor administrativo encarregado pela gerência de admissão e acompanhamento de pessoal da Uefs, na folha de pagamento de Caroline.

O promotor afirma que “os valores indevidos eram, posteriormente, repartidos por ambos, que eram amigos pessoais”.

A denúncia revela que o montante desviado era de cerca de R$2,5 mil por mês, com algumas interrupções.

"A irregularidade só se tornou conhecida quando outro servidor tentou inserir na folha de Caroline dados referentes a um adicional noturno, ao qual ela fazia jus, e detectou valores referentes a uma substituição que ela não havia feito, reportando o fato aos seus superiores. A Uesf abriu um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) e os dois servidores, que ocupavam cargos temporários, foram demitidos", afirmou o MPE, em nota. 

O CORREIO tentou contato com a Uefs e a defesa dos denunciados, mas não houve resposta até a publicação dessa reportagem. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas