MP denuncia ex-funcionário de Milton Neves por furto de R$ 2,5 mi

em alta
17.09.2021, 21:25:00
Atualizado: 17.09.2021, 21:27:25
(Divulgação)

MP denuncia ex-funcionário de Milton Neves por furto de R$ 2,5 mi

Ele teria articulado esquema de superfaturamento de serviços e falsificação de cheques

Evandro Cesar Cesarino Ribeiro, ex-gerente do jornalista Milton Neves, foi denunciado por furto pelo Ministério Público de São Paulo (MP-SP). No início deste ano, Milton acusou ex-funcionários de desviar R$ 2,5 milhões por meio de notas fiscais sem comprovação de serviços prestados.

A frente da empresa de publicidade Terceiro Tempo há mais de 20 anos, Evandro Cesar teria sido o mentor do esquema de superfaturamento de serviços e falsificação de cheques que vitimou o jornalista por mais de cinco anos. Um juiz ainda precisa aceitar, ou não, a denúncia do MP.

O acusado ainda foi indiciado pela Polícia Civil, em 29 de janeiro, por furto qualificado, abuso de confiança e concurso de agentes. Agora, ele teve a quebra de seu sigilo bancário decretada. O caso corre em segredo de Justiça.

Evandro ainda é suspeito de ter contratado dois funcionários que respondiam a ele e participavam da abertura de empresas e emissão de notas. Eles confessaram o crime e foram indiciados. A dupla, no entanto, se diz arrependida e ajuda Milton Neves na obtenção de provas. A pena é de até quatro anos de prisão.

O advogado Carlos Alberto Cruz, responsável pela defesa de Evandro, disse que acredita na absolvição de seu cliente. "Estamos tranquilos que agora vamos ter uma resposta melhor. Vamos ter uma oportunidade de ampla defesa e tenho certeza que ele [Evandro] vai ser absolvido. O Sr. Milton Neves colocou muita documentação. Ele tirou as notas, mas com consentimento do Milton Neves. Ele prestava uma função além da dele e administrava imóveis", disse, em entrevista ao UOL.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas