MP denuncia policiais por abuso contra cliente agredido na Caixa

salvador
09.11.2019, 10:25:00
Atualizado: 09.11.2019, 10:41:50
Crispim Terral registrou caso como crime de racismo ((Foto: Marina Silva/CORREIO))

MP denuncia policiais por abuso contra cliente agredido na Caixa

Militares deram 'mata-leão' no empresário Crispim Terral na frente da filha de 15 anos

O Ministério Público estadual decidiu denunciar quatro policiais militares por abuso de autoridade e constrangimento ilegal cometidos contra o empresário Crispim Terral de Souza, numa agência da Caixa Econômica Federal, no mês de fevereiro deste ano, em Salvador. A denúncia do promotor de Justiça Maurício Cerqueira Lima foi oferecida no último dia 5 de novembro. No mês passado, o MP já havia denunciado o gerente-geral da agência da Caixa, João Paulo Vieira Barreto, que foi afastado de suas funções no banco.  

A nova denúncia é contra os militares Paulo Guedes Clementino, Reinaldo Rodrigues Oliveira, Roque da Silva e Rafael Valverde Nolasco. 

No dia 19 de fevereiro deste ano, Crispim foi à agência da Caixa, na Avenida Sete de Setembro, no Relógio de São Pedro, para solucionar questões financeiras pessoais. De acordo com a denúncia, durante o atendimento “houve desavenças” e Crispim, que não teve sua demanda atendida, não saiu da agência, mesmo após o fim do expediente, o que levou o gerente a convocar o 18º Batalhão e uma guarnição da PM.

Como Crispim não aceitava deixar a agência, “os policiais usaram a força, tentando segurá-lo pelo braço e aplicando um golpe conhecido como ‘mata-leão’, lançando Crispim ao chão na presença de funcionários, clientes e da sua filha de 15 anos.

Relembre

De acordo com o MP, as investigações policiais apontam que a vítima, depois de esperar atendimento desde às 10h da manhã, dirigiu-se por volta das 16h à mesa do gerente geral da agência, João Paulo Barreto, para cobrar atendimento que resolvesse sua demanda. Na ocasião, o gerente geral acionou o setor de segurança privada para retirar o cliente do estabelecimento. Depois, a Polícia Militar também compareceu à agência e propôs ao gerente que ele e o cliente se dirigissem até à delegacia.

Neste momento João Paulo teria afirmado que não fazia acordo com "esse tipo de gente", "supostamente se referindo à raça/cor da vítima", e logo após teria afirmado que somente iria à delegacia se Crispim Terral saísse algemado da agência”, narra o MP. 

Crispim é proprietário da Farmácia Terral, na cidade de Salinas de Margarida, onde vive, além de proprietário de duas lojas de assistência técnica de eletroeletrônicos na região. 


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/chuva-intensa-atinge-salvador-nesta-quarta-feira-22-previsao-de-trovoada/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/saimos-por-questao-de-sobrevivencia-diz-ocupante-do-odorico-pm-serrou-grades/
Após saída de estudantes, viaturas fazem segurança do Odorico Tavares
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/pastora-e-cantora-gospel-agride-sogra-de-73-anos-na-frente-de-criancas-video/
Lucimara Pires se justificou dizendo que idosa bateu nela primeiro
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/diggo-de-deus-conheca-o-cantor-que-abandonou-o-futebol-para-viver-de-musica/
Artista é vocalista da Clap Bum, banda que encarta CD no CORREIO desta terça-feira (21)
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/nao-conheco-o-homem-com-quem-dormia-diz-influencer-agredida-pelo-namorado/
Anne Sampaio usou a conta do Instagram para denunciar o agressor
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/digital-influencer-usa-instagram-para-denunciar-namorado-por-agressoes/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/mesmo-com-prova-mantida-candidatos-temem-cancelamento-de-concurso-da-pm/
Professores propõem que os concurseiros não se deixem abater e continuem focados nas provas
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/poliana-ex-esposa-de-victor-chaves-vive-reclusa-apos-separacao/