Mulher é presa após ser flagrada com R$ 40 mil em cocaína dentro de imóvel na RMS

bahia
12.07.2020, 08:30:00
Atualizado: 12.07.2020, 08:30:51
(Foto: Divulgação/SSP)

Mulher é presa após ser flagrada com R$ 40 mil em cocaína dentro de imóvel na RMS

Ela é acusada de usar imóvel em Simões Filho como ponto de distribuição de drogas; dois homens foram presos também

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.




Uma mulher de 44 anos, que não teve a identidade divulgada, foi presa no sábado (11), acusada de usar o apartamento que morava, em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), como ponto de distribuição de drogas. No imóvel foram apreendidos 40 mil em pinos de cocaína.

A prisão foi efetuada por policiais do Pelotão de Emprego Tático Operacional (Peto) da 22ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Simões Filho). 


Os policiais chegaram até a suspeita após receberem denúncia anônima sobre venda de entorpecentes, no Conjunto Minha Casa Minha Vida, localizado na Via Universitária, em Simões Filho. 

Na chegada das viaturas, dois homens correram, mas foram alcançados. Eles informaram que embalavam drogas para a traficante de 44 anos. 


Sabendo o número do apartamento, os PMs foram até o local e flagraram a traficante com 4 mil pinos de cocaína, avaliados em 40 mil reais, 137 porções de maconha e celulares. Ela e os dois comparsas foram apresentados na 22ª Delegacia Territorial (DT/Simões Filho).

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas