Mulher mata a sogra a facadas dentro de casa em Paratinga

bahia
08.01.2013, 16:16:00
Atualizado: 08.01.2013, 16:17:15

Mulher mata a sogra a facadas dentro de casa em Paratinga

Após o crime, acusada voltou para casa e foi presa enquanto almoçava

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Da Redação

Uma aposentada foi morta a facadas pela nora no município de Paratinga, na região do Vale do São Francisco, na segunda-feira (7). Atingida no pescoço e no rosto, Ilza Alves Santana, de 62 anos, morreu dentro da casa onde morava, no centro da cidade, por volta de 11h30.

Adriana dos Santos Pinheiro, 35, foi presa uma hora depois. De acordo com o delegado Clóvis Menezes, titular de Paratinga, a acusada não ofereceu resistência à prisão e confessou o assassinato. “Nós descobrimos que ela queria matar o marido, que é pescador, mas, como não achou, decidiu matar a sogra”, diz. Ilza estava deitada na cama no momento do crime.

Ainda de acordo com o delegado, Adriana tem deficiência mental e não utilizava medicamentos há dois dias. A faca utilizada, uma peixeira, havia sido roubada no mesmo dia em uma loja de Paratinga. Após matar a sogra, ela voltou para casa e foi presa enquanto almoçava. A faca ainda não foi encontrada.

Adriana foi autuada em flagrante por homicídio e permanece sozinha em uma cela da delegacia local.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas