Muro irregular desaba, atinge imóvel e condena parte de pista no Alto da Terezinha

salvador
19.03.2021, 19:29:00
(Foto: Divulgação/Codesal)

Muro irregular desaba, atinge imóvel e condena parte de pista no Alto da Terezinha

Codesal recomendou evacuação do local atingido

Um muro caiu e deixou um imóvel com risco de desabamento após a chuva que caiu nas primeiras horas desta sexta-feira (19) no Alto da Terezinha, Subúrbio Ferroviário de Salvador. O susto foi grande, mas de acordo com a Defesa Civil de Salvador (Codesal) não houve vítimas.

A pasta afirmou que o muro foi construído de forma irregular e desabou de forma parcial. Ainda segundo a Codesal, a queda fez com que o muro atingisse um imóvel abaixo e deixou uma casa acima em risco - também ficou perigoso para que pedestres passem pela região.

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) e a Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb) foram acionadas para, respectivamente, executar a demolição dos remanescentes do muro, a limpeza do material deslizado e colocação de lona. A equipe da Codesal recomendou a evacuação até que o risco seja sanado.

O Boletim Meteorológico da Defesa Civil de Codesal previu os picos de chuva forte na manhã desta sexta. No período das 10h, as chuvas foram intensificadas gerando um acumulado nas regiões de Periperi (42 ml), Valéria (40,6 ml), Palestina (38,8 ml) e Mirantes de Periperi (35,8 ml).

De acordo com o meteorologista do Cemadec, Giuliano Carlos do Nascimento, a formação de um cavado (sistema de baixa pressão) sobre a parte norte da capital favoreceu a ocorrência das chuvas, intercaladas com períodos de melhoria.

Até as 19h desta sexta, a Codesal recebeu 26 ocorrências entre ameaças de desabamento, muro e deslizamento. Houve um deslizamento de terra, um desabamento de imóvel e uma infiltração.

A Defesa Civil informou que permanece com plantão 24h atendendo as solicitações da população pelo telefone gratuito 199.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas