Na Argentina, Bahia encara Unión em decisão na Copa Sul-Americana

e.c. bahia
01.12.2020, 05:00:00
Artilheiro da Sul-Americana, Gilberto é esperança de gols para o Bahia contra o Unión (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Na Argentina, Bahia encara Unión em decisão na Copa Sul-Americana

Tricolor volta a atuar no país vizinho após 60 anos e mira vaga nas quartas de final

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Depois de 60 anos, o Bahia vai voltar a disputar uma partida oficial na Argentina. Nesta terça-feira (1º), o tricolor entra em campo às 19h15, diante do Unión, no Estádio 15 de Abril, na cidade de Santa Fé, pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa Sul-Americana.

A última - e única -  vez em que o Bahia esteve no país vizinho foi em 1960, na primeira edição da Copa Libertadores da América. Em abril daquele ano, o Esquadrão desembarcou na capital Buenos Aires com o prestígio de ser o atual campeão brasileiro - menos de um mês antes o tricolor havia vencido o Santos, por 3x1, no Maracanã, e faturou o título da Taça Brasil.

O rival em questão foi o San Lorenzo, que acabou derrotando o tricolor por 3x0, no estádio El Palacio. No jogo da volta, em Salvador, o Bahia venceu por 3x2, mas não foi o suficiente para avançar no torneio. Por isso, a missão agora é escrever uma história diferente e voltar da Argentina com a classificação assegurada.

Para se garantir nas quartas de final, o Bahia tem a vantagem do empate, já que ganhou o jogo de ida por 1x0, na Fonte Nova, na semana passada. O Esquadrão também avança mesmo se perder por um gol de diferença, desde que balance as redes. Caso seja derrotado pelo mesmo placar da primeira partida, o classificado será conhecido nos pênaltis.

Diante deste cenário, não sofrer gols será fundamental, mas é aí que mora o perigo. O sistema defensivo tem sido ponto de atenção do tricolor na temporada. No Brasileirão, a equipe atingiu o posto de mais vazada, com 37 tentos sofridos. Foram sete nos últimos dois jogos.

Na Sul-Americana, a situação tem sido diferente. O Esquadrão sofreu apenas dois gols nos cinco jogos que fez no torneio. Mesmo Assim, os jogadores sabem que vão precisar estar ligados durante toda a partida em Santa Fé.  

“A gente sabe que é uma partida importante para a história do clube. Então estamos focados, preparados, para que a gente possa sair com a classificação”, afirmou o volante Edson.

SUPERAÇÃO
Por sinal, Edson deve ser uma das novidades do Bahia hoje. O clube tem sofridos sucessivos desfalques por conta dos casos de covid-19 no elenco. A lista conta com o goleiro Mateus Claus, os laterais Zeca e Juninho Capixaba e o volante Ronaldo. Fora de campo, o Esquadrão não contará ainda com o técnico Mano Menezes e os auxiliares Sidnei Lobo e James Freitas.

“Acreditamos que é o momento de superação. A gente sabe que esse jogo contra o São Paulo foi um que a gente não esperava perder, um jogo que a gente procurava dar uma sequência de triunfos no Campeonato Brasileiro para buscar coisas maiores. Sabemos que temos tempo para isso ainda, temos que virar a página, focar agora no Unión Santa Fé, que sabemos que é um jogo de suma importância para cada um de nós. Vamos procurar sair daqui classificados”, continuou o volante, bastante confiante.

Por outro lado, o auxiliar Cláudio Prates ganhou os retornos do zagueiro Anderson Martins e atacante Gilberto, que cumpriram suspensão contra o São Paulo, além do também atacante Gabriel Novaes, que não atuou na partida passada por pertencer ao time paulista.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas