Navio Pirata, Fobica e uma multidão muito animada no Furdunço

carnaval
16.02.2020, 22:24:12
Atualizado: 16.02.2020, 23:30:23
(Betto Jr./CORREIO)

Navio Pirata, Fobica e uma multidão muito animada no Furdunço

BaianaSystem e Armandinho puxam foliões no circuito Ondina-Barra

O Correio oferece acesso livre a todas as notícias relacionadas ao coronavírus. Entendemos que informação séria e confiável é importante nesse momento. Colabore para que isso continue. Assine o Correio.


No Carnaval em que o trio elétrico completa 70 anos, o Furdunço uniu no mesmo circuito a tradição, com Armandinho, e o caminho da folia do futuro, trilhado por BaianaSystem. Para os foliões, o presente e o passado tem uma mesma representatividade: ambos são mais democráticos com o fortalecimento da pipoca.

Tocando clássicos carnavalescos, Armandinho se apresentou com os seus irmãos dentro da Fobica - os primórdios do trio elétrico - instalada em cima do trio Armandinho, Dodô e Osmar. “Dodô e Osmar começaram tudo nessa mesma fobica que estamos agora”, celebrou o artista.

Os fãs compreendem o papel que a família Macedo, os descendentes de Osmar, tem na manutenção da tradição do Carnaval. “Esse é o ídolo da nossa era do carnaval, fui muito atrás do trio do pai dele [de Armandinho]. Ele é mil. Ele vai manter sempre o que o pai dele fazia. Armandinho e os irmãos Macedo têm que ficar no carnaval”, afirmou Carmélia Pereira, 63, que não perde a oportunidade de relembrar a adolescência na folia momesca.

Armandinho levou a Fobica para o Furdunço (Foto: Betto Jr./CORREIO)

Ninguém conseguia escapar das músicas tocadas por Armandinho. Era só o som da guitarra baiana começar os primeiros acordes de clássicos como Zanzibar, que os foliões acompanhavam o ritmo com o corpo e cantavam toda a letra de cor.

Foi a primeira vez de Tayana Souza, 37, no Furdunço. Ela veio dos Estados Unidos e fez questão de seguir o trio Armandinho. Para ela, a música Chame Gente é a representação do Carnaval. “Eu queria ver Armandinho. A música dele é pertinente com a festa. Passam os anos e todo mundo continua cantando”, festejou Tayana.

Enquanto o trio de Armandinho já estava na Barra, o Navio Pirata, de BaianaSystem, se preparava para fechar o segundo dia de pré-carnaval, que começou no sábado, 15, com o Fuzuê. Por volta das 21h30, a banda tocou Sulamericano, começando o desfile.

Fãs de Raul Seixas marcaram presença (Foto: Betto Jr./CORREIO)

Os fãs estavam ansiosos pela saia da banda, que havia anunciado o fim da concentração entre às 19h e às 20h. A apresentação era muito esperada pelo público, já que a BaianaSystem tocou apenas uma vez no Carnaval do ano passado. Em 2019, o grupo se apresentou na quinta-feira, abrindo a folia. Mesmo ainda na concentração, os foliões comemoravam qualquer barulho durante a passagem de som.

Quem curte Baiana percebe que o grupo se esforça para resgatar o Carnaval de Salvador como ele era antes dos blocos e camarotes. Não é estranho, então, que a banda tenha lançado o single 'Corrida Elétrica' com Armandinho, a cara da tradição da folia momesca.

Crianças tiveram tranquilidade para brincar (Foto: Betto Jr./CORREIO)

“A gente passou por um processo de mercantilização muito forte e o Baiana, que é popular e político, entende que esse movimento de trazer a galera para a rua é muito política. Eu acho que o futuro da festa é sem cordas e é o resgate de como era antigamente, quando tinha a liberdade do ir e vir e escutar os ritmos diferentes”, comenta o estilista Cássio Caiazzo, 36.

É dessa comunhão que os fãs de BaianaSystem mais gostam. A união entre a dança que extravasa e a preocupação com o outro é vista por quem segue o Navio Pirata como o ponto alto da banda. “É diferente das outras coisas, a galera é diferente o cliente é diferente. Todo mundo se protege mesmo dentro das rodas”, disse Maria Regina da Costa, 31.

O show da banda é tão importante para Maria Regina que ela foi para o Furdunço mesmo sem gostar do Carnaval. O que importava era estar em uma apresentação de BaianaSystem.

Foliões não dispensaram a quebradeira (Foto: Betto Jr./CORREIO)

Entre BaianaSystem e Armandinho, outros trios variados puxaram os foliões em um pré-carnaval quase tão cheio quando a festa oficial. Os múltiplos ritmos são o ponto alto do Furdunço, ressaltou Caique Fraga, 25. “Salvador é essa mistura do novo e do tradicional. Assim que é bom”, disse.

“Eu acho que tem espaço para tudo na festa. Carnaval é cultural, mas é a mistura que faz ele existir. Na minha visão, o Furdunço é a abertura do carnaval e pede músicas mais lentas. Depois na festa mesmo, vem o axé”, comentou o estudante Victor Santana, enquanto dançava ao som da sofrência do trio Carroça Furdunceira.

O CORREIO Folia tem o patrocínio do Hapvida, Sotero Ambiental, apoio institucional da Prefeitura Municipal de Salvador e apoio do Salvador Bahia Airport e Claro.

*Com orientação da chefe de reportagem Perla Ribeiro

***

O CORREIO entende a preocupação diante da pandemia do novo coronavírus e que a necessidade de informação profissional nesse momento é vital para ajudar a população. Por isso, desde o dia 16 de março, decidimos abrir o conteúdo das reportagens relacionadas à pandemia também para não assinantes. O CORREIO está fazendo um serviço de excelência para te manter a par de todos os últimos acontecimentos com notícias bem apuradas da Bahia, Brasil e Mundo. Colabore para que isso continue sendo feito da melhor forma possível. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/como-fazer-um-ovo-de-pascoa-em-casa-o-correio-te-conta/
Especialistas ensinam como fazer o melhor ovo de páscoa de dentro da sua cozinha
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/coronavirus-veja-quais-as-areas-do-carro-que-precisam-de-maior-cuidado/
Jornalista automotivo fala sobre limpeza e como manter o veículo guardado durante a quarentena
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/surto-de-lives-na-quarentena-transmissoes-ao-vivo-se-tornaram-comuns-e-ate-memes/
Confira também uma lista de perfis para acompanhar os 'ao vivo'
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/autor-de-video-compartilhado-por-bolsonaro-pode-pegar-6-meses-de-prisao/
Gravação trazia informações falsas sobre desabastecimento de alimentos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/abner-pinheiro-publica-foto-com-bebe-nunca-vou-desistir-de-voce/
Briga após influencer baiano descobrir que não é o pai de sangue de bebê foi o assunto mais comentado nas redes sociais
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/apos-polemica-com-teste-de-dna-e-traicoes-sthe-vai-processar-abner/
Briga após influencer baiano descobrir que não é o pai de sangue de bebê foi o assunto mais comentado nas redes sociais
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/em-live-com-miley-cyrus-anitta-e-chamada-de-icone-pop-brasileiro/
Cantoras conversaram via Instagram e dançaram Rave de Favela
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/ajustes-deixaram-a-ranger-mais-competitiva/
Em vídeo, Antônio Meira Jr., explica o que mudou na picape da Ford
Ler Mais