No dia da votação, Boulos permanece em quarentena

brasil
29.11.2020, 12:24:00
Atualizado: 29.11.2020, 12:33:56

No dia da votação, Boulos permanece em quarentena

Diagnosticado com covid-19, candidato do PSOL à Prefeitura de São Paulo não votará

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Em isolamento desde sexta-feira, quando recebeu resultado positivo de um teste para covid-19, o candidato do PSOL à Prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos, permanecerá em casa neste domingo, 29, dia da votação do segundo turno das eleições 2020. De acordo com o que informou sua assessoria, Boulos "está bem e segue sob observação médica".

O candidato, que mora no Jardim Catanduva, Campo Limpo, passará o dia com a mulher, Natalia Szermeta, coordenadora do Movimento do Trabalhadores Sem Teto (MTST). As filhas do casal, Sofia e Laura, de 10 e 9 anos, já estavam na casa dos pais de Natalia, no mesmo bairro, antes de Boulos receber o diagnóstico. 

Tendo se destacado ao longo da campanha por sua presença nas redes sociais, Boulos não tem eventos virtuais, como lives, previstos em sua agenda para hoje. Aliados e dirigentes do PSOL devem acompanhar a votação e a apuração no comitê da campanha, no bairro de Santa Cecília.

Na manhã deste domingo, Boulos saiu na sacada, acenou para vizinhos e jornalistas que fazem plantão na porta da casa do candidato e mostrou um cartaz com a frase "vamos virar". 

Ontem à noite, depois da divulgação das pesquisas Ibope e Datafolha que mostram vantagem do adversário, o prefeito Bruno Covas (PSDB), Boulos fez uma transmissão ao vivo em suas redes sociais na qual lembrou que no primeiro turno as projeções o colocavam em empate técnico com Marcio França (PSB) e Celso Russomanno (Republicanos), mas os votos apurados lhe deram vantagem de sete pontos porcentuais sobre França e dez sobre Russomanno.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas