Novas manchas de óleo aparecem nas praias de Maraú

bahia
09.11.2019, 20:18:00
Atualizado: 09.11.2019, 21:01:50
(Foto: Arquivo CORREIO )

Novas manchas de óleo aparecem nas praias de Maraú

Pesquisadores afirmaram que petróleo vazou de um navio fantasma

Manchas de óleo apareceram em três praias do município de Maraú, no Sul da Bahia, no final da manhã deste sábado (9). Segundo o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), foram atingidas as localidades de Cassange, Saquaíra e Algodões. No total, eles recolheram 16 toneladas de petróleo cru.

O superintendente do Ibama, Rodrigo Alves, contou que uma grande mancha foi localizada por servidores do órgão quando sobrevoavam a região, pela manhã. Eles retornaram para o solo, reuniu os servidores e avisaram aos outros órgãos responsáveis.

“Mobilizamos a prefeitura, a Marinha e conseguimos apoio de voluntários. Montamos um mutirão com cerca de 150 pessoas e quando o óleo chegou à praia recolhemos o material. Outras praias foram afetadas na Bahia, mas já fazem parte da lista de atingidas. A Península de Maraú é que foi novidade. Duas praias do Espírito Santo também registraram óleo. Um ontem e outra hoje”, disse.

Em nota, a Marinha informou que, neste sábado, foram encontrados e recolhidos pequenos fragmentos de óleo misturados com resquícios de algas e areia também na Ilha de Santa Bárbara, arquipélago de Abrolhos. 

Pesquisadores da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) fizeram novos testes e disseram que o petróleo que chegou ao litoral brasileiro veio de um navio fantasma. A informação vai de encontro ao que foi divulgado pela Marinha na semana passada, quando foi dito que o suspeito do crime é um navio petroleiro grego.

Petróleo
As primeiras manchas de óleo começaram a aparecer no litoral do Nordeste no final de agosto. Na Bahia, elas chegaram no início de outubro, pelo Litoral Norte, mas logo chegou também em Salvador, na Ilha de Itaparica, e continua descendo a costa. O desastre já foi registrado nas praias paradisíacas de Morro de São Paulo, Garapuá, Ilhéus, e até no Parque de Abrolhos.

A Marinha suspeita que um navio grego seja o responsável pelo derramamento do óleo que chegou à costa brasileira, mas isso ainda não foi provado. Pesquisadores da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) fizeram novos testes e disseram que o petróleo veio de um navio fantasma - e não por um petroleiro grego, como aponta o governo brasileiro.

Até o momento, o que se sabe é que o óleo foi produzido na Venezuela. A Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol) está auxiliando a Marinha e a Polícia Federal na investigação das causas do desastre.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/linn-da-quebrada-estrela-bixa-travesty/
Documentário debate sobre o corpo, gênero e identidades
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/policia-civil-analisa-imagens-de-acao-da-prf-que-deixou-adolescente-morto/
Pai foi ouvido no DHPP; familiares homenagearam garoto de 17 anos nesta quinta-feira (21)
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/operario-fica-pendurado-em-predio-durante-pintura-e-e-socorrido-veja-video/
Ele foi retirado de edifício em Fortaleza e conduzido a unidade médica pelo Samu
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/apos-passar-mal-e-ser-socorrido-no-senado-kajuru-segue-internado-na-uti/
Colega baiano Otto Alencar ajudou a socorrê-lo em plenário: ‘não vai ficar sequela’
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/matou-como-se-ela-fosse-bicho-diz-testemunha-de-crime-contra-moradora-de-rua/
Defesa de comerciante alega que ele reagiu a uma tentativa de assalto
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bombeiros-controlam-incendio-em-academia-na-graca/
Fogo começou por volta das 22h40 e foi contido rapidamente
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/vai-para-um-programa-que-te-mereca-diz-fontenelle-a-lacombe-ao-vivo/
Jornalista ficou sem graça com o comentário e afirmou estar feliz no Aqui na Band
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/audiencia-do-caso-davi-fiuza-e-marcada-para-abril-de-2020/