Novo CMEI é inaugurado na Fazenda Grande do Retiro

salvador
18.12.2020, 12:57:00
Atualizado: 18.12.2020, 12:57:28
Unidade ampliou a quantidade de salas e a capacidade de alunos (Foto: Gil Santos/ CORREIO)

Novo CMEI é inaugurado na Fazenda Grande do Retiro

Unidade tem oito salas climatizadas e vai atender 280 estudantes

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O novo Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Fruto do Amanhã, localizado na Fazenda Grande do Retiro, em Salvador, foi entregue pela Prefeitura, nesta sexta-feira (18). A unidade fica na Rua do Canal, nas proximidades do bairro do Bom Juá e atendia estudantes das duas comunidades. A capacidade foi ampliada de 112 alunos para 280, com atendimento em tempo integral.

A nova unidade de ensino tem 1.113,17 m² de área construída, acessibilidade com elevador, oito salas de aula, todas climatizadas, com capacidade de atender até 280 alunos dos grupos 2 e 3 (creche) e do grupo 4 (pré-escola). O investimento total da obra foi de quase R$ 4 milhões. 

O prefeito ACM Neto fez a entrega oficial da escola e lembrou que a antiga unidade era feita em pré-moldado, um modelo que apresentava diversos problemas de infraestrutura e que não oferecia conforto nem segurança para estudantes e professores.

“Assim como esse CMEI que estamos entregando hoje, eram 42 escolas de pré-moldado em Salvador. Escolas que, na época, foram construídas para serem provisórias e que, depois, acabaram ficando e se tornando definitivas. Todas elas tinham os mesmos problemas: rede elétrica, rede hidráulica, calor intenso, e chuva com alagamento dentro. Eu dei uma determinação à Secretaria de Educação de que iríamos colocar no chão cada uma das 42 e construir uma unidade nova”, afirmou.

Não houve temo para entregar todas as unidades e 11 delas serão finalizadas na gestão do próximo prefeito, Bruno Reis (DEM). Neto frisou que o Município investiu R$ 12 milhões para concluir a construção das escolas. O resuro deveria ser do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), mas por conta da pandemia os repasses foram comprometidos.

O secretário municipal de Educação, Bruno Barral, destacou que o modelo usado para construção das novas estruturas foi desenvolvido dentro da Secretaria, e que elevou a qualidade das unidades de educação do Município.

“Aqui temos um padrão de escola com oito salas, um modelo CMEI que é creche municipal, todas elas climatizadas, com banheiros entre as salas, e com solário para os meninos terem participação na área externa. Construção de pias para as crianças poderem fazer a higienização das mãos, distanciamento, cozinha industrial, piso de alta resistência, enfim, um padrão que não deixa nada a desejar a nenhuma escola particular”, afirmou.

Além das 11 unidades que substituíram as de pré-moldado, existem outras seis que serão entregues no próximo ano.

A estrutura que existia no CMEI da Fazenda Grande do Retiro precisou ser demolida por se tratar de um prédio antigo que apresentava problemas estruturais, infiltrações e falta de acessibilidade. Durante o período de reconstrução, a unidade escolar passou a funcionar em um Imóvel na Avenida Barros Reis. Os moradores comemoraram.

Apesar da inauguração, ainda não há data para a retomada das aulas. O prefeito já anunciou que acredita que o retorno das atividades não poderá estar atrelado a vacinação, mas ainda não determinou quando as escolas serão reabertas.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas