Número de transplantes na Bahia cresce quase 15% no primeiro semestre

bahia
05.09.2019, 08:53:00

Número de transplantes na Bahia cresce quase 15% no primeiro semestre

Transplante de rim teve um aumento de 64,7% no período

Na Bahia foram realizados 601 transplantes durante o primeiro semestre deste ano. O número representa um aumento de 13,39% comparado ao mesmo período do ano passado. “Este aumento se deve ao incremento dos transplantes de rim e córneas, que esse ano tiveram, respectivamente, aumento de 64,7% e 15,6% no comparativo com o primeiro semestre de 2018. Ainda no primeiro semestre desse ano foram contabilizadas 78 doações múltiplos órgãos e 317 doações de córneas”, ressalta o secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, ao lembrar que setembro é o mês de incentivo à doação de órgãos e há uma série de atividades previstas no estado.

O mês de setembro é chamado de “Setembro Verde” em função do dia 27, dedicado aos santos gêmeos, Cosme e Damião, que são considerados patronos dos transplantes e apontados como responsáveis pelo primeiro transplante realizado no mundo – o transplante de uma perna, retratado por um pintor espanhol do século XVI, em tela que se encontra exposta no Museu do Prado.

Para assinalar a passagem da data, a Secretaria da Saúde do Estado, por meio do Sistema Estadual de Transplante, está promovendo diversas ações, entre elas a promoção de feiras de saúde, stands de orientação sobre a doação de órgãos e a prevenção de doenças que podem indicar um transplante, seminários para profissionais da área de saúde, Caravana da Vida, pontos de distribuição de material informativo, caminhadas em vias públicas e um passeio de bicicleta. As ações acontecerão em Salvador e diversos municípios do interior do Estado.

Coordenadora da Central de Órgãos, América Carolina Brandão destaca importância da parceria com as empresas de transporte rodoviário – Santana, Águia Branca, Camurujipe Novo Horizonte e Regional, fundamental para reduzir o tempo de espera. Essas empresas fazem o transporte de cárneas gratuitamente, a partir de um termo de cooperação técnica.

Já a coordenadora do Sistema Estadual de Transplantes, Rita de Cássia Pedrosa, explica que a negativa familiar e o desconhecimento da sociedade sobre o processo de doação são alguns dos principais obstáculos para o aumento no número de transplantes.

“Por não conhecerem como se dá a doação, muitas famílias negam”, reforça América Carolina Brandão, coordenadora da Central Estadual de Transplantes, acrescentando que a Sesab desenvolve um constante trabalho de conscientização, buscando reduzir as negativas das famílias à doação. Durante todo o ano passado, foram registradas 133 doações de múltiplos órgãos e 518 doações de córneas. Foram feitos 49 transplantes de fígado, 206 de rim e 514 de córnea.

Programação
A Campanha de Incentivo à Doação de órgãos será aberta nesta sexta-feira (6), em diversos locais, como o terminal Rodoviário de Salvador, terminal Marítimo (Ferry e lanchinha) em Salvador, Estação Ferroviária da Calçada, praças de pedágios em toda a Bahia, postos da PRF na BR 101 (Feira de santana, Santo Antônio de Jesus, Alagoinhas, Teixeira de Freitas, Itabuna, BR 242 (Seabra e Barreiras) e Batalhão da PM/BA nos municípios de Alagoinhas, Itabuna, Irecê, Guanambi e Jequié.

Nesses locais, das 10 às 16 horas, serão montados stands oferecendo serviços de aferição de pressão arterial, glicemia capilar e controle de peso, orientação para prevenção de doenças que podem indicar um transplante e informações sobre a importância da doação de órgãos.

No dia 21, acontece uma Feira de Saúde, na Praça da Revolução, em Periperi, das 9 às 14 horas. No dia 22, passeio de bicicleta e estande informativo ocupam a avenida Magalhães Neto, das 8h30 às 12 horas, enquanto no dia 27, as atividades serão na Praça da Piedade, das 9 às 14 horas. Em parceria com outras instituições, como o Sindicato e Cooperativas do Estado da Bahia, Associação Renal de Salvador, acontecem ações nos dias 28 e 29, respectivamente no Dique do Tororó e no Farol da Barra. Mais informações no site www.saude.ba.gov.br/transplantes 

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas