Obras de arte inéditas retratam batalha da Independência da Bahia em Itaparica

bahia
08.01.2020, 02:00:00
(Foto: Divulgação)

Obras de arte inéditas retratam batalha da Independência da Bahia em Itaparica

Quadros vão para acervo do Memorial da Independência, no Forte São Lourenço

A história da Independência de Itaparica ganhou um novo capítulo nessa terça-feira (7). No dia em que o município comemorou 197 anos de liberdade, cinco novos quadros foram incorporados ao Memorial da Independência, que funciona no Forte São Lourenço.

Os quadros de óleo sobre tela pintados por professores e alunos da Escola de Belas Artes da Universidade Federal da Bahia (Ufba), a pedido da Prefeitura de Itaparica, são peças que retratam de forma inédita passagens e personagens da batalha que segundo historiadores e pesquisadores, foi fundamental para a Independência da Bahia e do Brasil, concretizadas no Recôncavo baiano em 2 de julho de 1823.

De acordo com o diretor de Cultura de Itaparica, Felipe Brito, a ideia dos quadros é traduzir os feitos históricos e os personagens da batalha como forma de perpetuar as cenas retratadas em livros de história e romance.

"Buscamos a Escola de Belas Artes e encontramos na diretora Nanci Novais um sentimento de amor à pátria e comprometimento com a história que precisávamos e o resultado foi fantástico. Verdadeiras obras de arte que reforçam a história e o sentimento de pertencimento de Itaparica", destacou Brito, em nota divulgada pela prefeitura local.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Na avaliação da prefeita Marlylda Barbuda, a exposição dos quadros tem uma representatividade relevante para a afirmação da participação do povo itaparicano na luta pela independência do Brasil. "A Batalha de Itaparica foi fundamental para o Brasil conquistar a independência, mas nem todo mundo sabe disso. É por isso que nossa administração não mede esforços para fortalecer a manutenção e valorização da nossa história", declarou ela.

Os quadros retratam Lorde Cochrane, João das Bottas, Tenente Coronel Barros Galvão e Vaqueiros do Pedrão. A quinta peça, "Alegoria ao Sete de Janeiro", une vários personagens da independência de Itaparica e da Bahia, como Maria Felipa, Maria Quitéria, Brígida do Vale, além de todos os elementos históricos e religiosos envolvidos na batalha.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas