Odebrecht aceita acordo proposto pelo Equador, diz Correa

brasil
27.09.2008, 18:09:21

Odebrecht aceita acordo proposto pelo Equador, diz Correa

O presidente equatoriano deve se encontrar com Lula em Manaus semana que vem


A disputa entre o governo equatoriano e a empresa brasileira Odebrecht dá sinais de que pode estar chegando ao fim. De acordo com a agência France Press, a construtora aceitou neste sábado (27) um acordo proposto pelo governo do Equador para resolver o pleito que determinou o embargo de seus bens.

'Depois de termos recebido um tremendo choque, o acordo foi unilateralmente firmado', disse o presidente equatoriano, Rafael Correa. Na última quinta-feira (25), Correa declarou que a ação contra a construtora Odebrecht, envolvendo uma hidrelétrica feita pela companhia brasileira, não era um problema com o Estado brasileiro.

O embargo aconteceu após o governo equatoriano exigir o pagamento de uma indenização por falhas no funcionamento e paralisação da central hidrelétrica San Francisco, construída pela Odebrecht. O governo equatoriano também alega que a paralisação, que ocorre desde junho, estaria colocando em risco o abastecimento de energia no país. A construtora havia se negado a pagar uma indenização pelas falhas.

Veja também:
Odebrecht contesta versão para paralisação de hidrelétrica
Embargo à Odebrecht significa expulsão do Equador, diz ministro
Amorim diz que não há uma ameaça física direta a Odebrecht
Presidente do Equador bloqueia bens da construtora brasileira Odebrecht

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas