Odebrecht Óleo e Gás marca presença na OTC Brasil

brasil
23.10.2017, 15:41:24
(Reprodução)

Odebrecht Óleo e Gás marca presença na OTC Brasil

Na programação, painel sobre FPSO Pioneiro de Libra, da joint venture OOGTK

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Odebrecht Óleo e Gás (OOG) participa pela primeira vez da OTC Brasil, que ocorrerá de 24 a 26 de outubro no Riocentro, Rio de Janeiro, e cujo tema é “Transforming Today to Power the Solutions of Tomorrow” (transformar o hoje para prover as soluções do amanhã, em tradução livre). O objetivo é apresentar os projetos do FPSO Pioneiro de Libra e do FPSO Cidade de Itajaí, desenvolvidos pela joint venture 50/50 OOGTK, formada pela OOG e pela Teekay Offshore Partners L.P. (Teekay Offshore).
 
“Nossa participação está totalmente associada à parceria com a Teekay e aos projetos que fazemos juntos no Brasil, incluindo os FPSOs Pioneiro de Libra e Cidade de Itajaí, que apresentam as soluções tecnológicas mais modernas do setor”, destaca o diretor Superintendente de Serviços Integrados da Odebrecht Óleo e Gás, Jorge Mitidieri. O executivo participa, inclusive, de um dos principais painéis de discussão da feira, no dia 25, que vai apresentar detalhes do FPSO Pioneiro de Libra, o primeiro a realizar Testes de Longa Duração no gigantesco Bloco de Libra. O painel busca mostrar a trajetória bem-sucedida do projeto do FPSO e abordar as questões específicas sobre cada uma das empresas envolvidas e fatores que levaram ao sucesso da entrega. 
 
“Vamos abordar o alto padrão de segurança durante todas as fases do projeto e as melhores práticas da joint venture, como as equipes com habilidades e experiências complementares. Mostraremos ainda a importância da parceria com os principais fornecedores desde o início do processo de licitação, o contrato integral de cobertura do EPC com o estaleiro, a identificação precoce de problemas, as equipes de operação e inicialização integradas durante a execução completa, além da conformidade com os regulamentos ao longo da vida útil do projeto”, explica o executivo.
 
Este painel também contará com palestras de Fernando Assumpção Borges, Paulo Sergio Rovina, Ricardo Toneto de Melo, Fabio Queiroz e Francisco Ferreira da Costa, representando a Petrobras; Flavio Jose (Halliburton), Marcel Wieggers (Seadrill) e Marcelo Aragão (TechnipFMC).
 
Estande JV OOGTK na feira

A joint venture OOGTK estará com um estande na feira, onde apresentarão seus projetos de parceria, em uma área de 60 m2. O local também vai contar com a maquete do FPSO Pioneiro de Libra e um totem interativo.
 
“A intenção do estande é compartilhar com pessoas os desafios dos nossos projetos e as melhores soluções tecnológicas para cada um deles, em especial o novo FPSO Pioneiro de Libra”, finaliza o diretor-superintendente.
 
FPSO Pioneiro de Libra

Construído em Cingapura, o FPSO Pioneiro de Libra é afretado e operado pela joint venture OOGTK pelos próximos doze anos a serviço do consórcio formado pelas empresas Petrobras (Operadora, com 40%), Total (20%), Shell (20%), CNPC (10%) e CNOOC Limited (10%), que tem como gestora a Pré-Sal Petróleo S.A. (PPSA).
 
A unidade, fruto de um investimento de US$ 1 bilhão da OOGTK, poderá atuar em lâmina d’água de até 2.400 metros de profundidade, terá capacidade de produção de 50 mil barris de óleo por dia, e de compressão e reinjeção de quatro milhões de metros cúbicos de gás/ dia.  Ao longo de mais de dois anos, aproximadamente quatro mil pessoas estiveram envolvidas no projeto, incluindo as atividades no estaleiro, em Cingapura, com mais de 19 milhões de homens/horas trabalhadas, sem registro de nenhum acidente de trabalho com afastamento.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas