ONG distribui quentinhas em bairros de Salvador durante pandemia

coronavírus
29.04.2020, 17:18:47
Atualizado: 29.04.2020, 17:46:30

ONG distribui quentinhas em bairros de Salvador durante pandemia

Campanha online foi lançada para arrecadar doações de alimentos

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

No meio dessa pandemia, algo bom tem se sobressaído entre as pessoas: a onda de solidariedade. Entre tantos exemplos, a ONG Irmã Quelem é um deles. Há 21 anos, a ONG que leva o nome da fundadora, já realizou trabalhos voluntários para arrecadação de alimentos para ajudar moradores dos bairros de Salvador. A pandemia do coronavírus levou a fundadora e os colaboradores da instituição a seguirem distribuindo semanalmente quentinhas nas ruas de Salvador. Além disso, a ONG criou uma campanha online com o objetivo de arrecadar doações para as pessoas que estão passando uma necessidade maior nesse período. 

(Foto: Reprodução)

Bairros como Engenho Velho da Federação, Alto das Pombas, Boca do Rio, Fazenda Coutos, Cajazeiras costumam ser atendidos nas ações da organização. “Eu cresci vendo minha avó fazer ação social, quando fiz 19 anos eu comecei a ajudar ao próximo da mesma maneira que aprendi com ela. Hoje já são 21 anos ajudando pessoas e famílias“, revela a responsável pelo projeto, Irmã Quelem. Os projetos sociais recebem doações de roupas a alimentos. Móveis seminovos também já foram doados. 

Um dos projetos da ONG Irmã Quelem era o salão do Povão, na Boca do Rio. O salão atendia mais de 30 mulheres por dia e os serviços de cabelo e unha custavam a partir de R$10 (ou até gratuito). O objetivo era levantar a autoestima das mulheres.


O CORREIO compartilha boas ideias e atitudes de pessoas e empresas dispostas a fazer a diferença para, juntos, superar a tormenta da pandemia de coronavírus. Tem uma boa história? Compartilhe com a gente!

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas