Paciente infectado com variante indiana do coronavírus piora e é intubado no Maranhão

coronavírus
22.05.2021, 16:28:16
Atualizado: 22.05.2021, 16:34:12
(Reprodução J Koun Marine Traffic)

Paciente infectado com variante indiana do coronavírus piora e é intubado no Maranhão

Demais tripulantes do navio ancorado em São Luís que tiveram teste positivo para covid-19 permanecem com sintomas leves ou assintomáticos

O paciente infectado com a variante indiana do novo coronavírus internado no Maranhão apresentou piora em seu quadro de saúde e foi intubado. A informação foi divulgada pelo secretário de Saúde do estado, Carlos Eduardo Lula, em entrevista à GloboNews, neste sábado (22). De acordo com o secretário, os demais tripulantes do navio ancorado em São Luís que tiveram teste positivo para covid-19 permanecem com sintomas leves ou assintomáticos.

O navio Shandong da Zhi, que veio da África do Sul e foi fretado pela Vale para entregar minério de ferro em São Luís, tinha 24 tripulantes, sendo que até o momento 15 foram diagnosticados com a doença. "Os demais tripulantes devem ser testados hoje para mais uma vez se entender como está sendo a contaminação", disse Carlos Lula. 

Com exceção do paciente intubado em um hospital de São Luis, os demais tripulantes seguem no navio, sendo monitorados por uma equipe da secretaria. Ainda segundo o secretário, o governo do Maranhão tem realizado testagem com toda a equipe médica que está tendo contato com o paciente com a cepa indiana em solo maranhense. 

De 85 amostras coletadas, pelo menos 40 já tiveram resultado divulgado. Todas deram negativo. "Em relação à equipe médica e pessoas que tiveram contato, as primeiras todas deram amostras negativas", disse Lula, que ainda explicou que está sendo feito um rastreamento completo, com testes em todas as pessoas que tiveram contato com o infectado ou amostras relacionadas a ele. D

Segundo o secretário, o todo cuidado está sendo tomado para que a cepa indiana, considerada de alta transmissibilidade e ainda com seus efeitos sendo pesquisados, não se espalhe. "Não podemos ter uma terceira onda com uma variante dessa, por isso toda nossa preocupação para evitar transmissão local", disse.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas