Pagamento do fundo PIS/Pasep é retomado nesta quarta-feira 

brasil
08.08.2018, 09:44:00

Pagamento do fundo PIS/Pasep é retomado nesta quarta-feira 

O pagamento deverá atender a 6,3 milhões de correntistas do Banco do Brasil e Caixa

O pagamento do fundo PIS/Pasep, retomado nesta quarta-feira (8), deverá beneficiar 6,3 milhões de pessoas, no valor total de R$ 5,5 bilhões. A informação é do Ministério do Planejamento.

O governo garante que os cotistas que possuem conta corrente na Caixa Econômica Federal ou no Banco do Brasil e estão com cadastro atualizado no Fundo PIS-Pasep receberão o depósito automaticamente, sem que precisem se dirigir às agências.

Devido ao alto volume de pagamentos automáticos, estes deverão ser realizados gradualmente no período de uma semana, por medida de segurança.

A Caixa Econômica Federal é responsável por pagar o dinheiro do PIS aos funcionários da iniciativa privada, e o Banco do Brasil paga o Pasep aos servidores públicos.

Quem tem direito
Todos aqueles que trabalharam com carteira assinada em empresas privadas ou foi servidor público, civil ou militar entre 1971 e 1988 têm direito a receber o abono. O Ministério do Planejamento afirma que o valor a ser recebido depende de quanto tempo a pessoa trabalhou no período em que vigorou o Fundo PIS-Pasep.

No ano passado, o governo decidiu estender a idade dos beneficiários, primeiro para o mínimo de 65 anos no caso dos homens e 62 no caso das mulheres, e depois reduziu para 60 anos a idade mínima para recebimento. Em junho, o governo autorizou que todos os brasileiros que receberam esse dinheiro entre 1971 e 1988 pudessem retirá-lo.

Consulte o seu saldo
Tanto o cotista como o herdeiro podem consultar o saldo do fundo PIS/PASEP, para realizar a consulta basta acessar os sites da Caixa ou Banco do Brasil com o número do CPF em mãos.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas