Pai baleado por filho de 13 anos tem sangramento no pulmão

em alta
22.03.2022, 12:57:53
(Reprodução )

Pai baleado por filho de 13 anos tem sangramento no pulmão

Uma equipe multidisciplinar acompanha o quadro; adolescente matou a mãe e o irmão mais novo

O médico intensivista Marcelo Henrique, um dos responsáveis pelos cuidados ao policial reformado de 56 anos, baleado pelo filho de 13 anos no último sábado (19), afirmou que um sangramento pulmonar é o que preocupar a equipe médica na atual fase do tratamento. Apesar disso, o estado de saúde do homem é considerado regular. 

"A parte neurológica dele está bem. A grande preocupação da gente agora é a parte pulmonar, já que ele teve um sangramento dentro do tórax. E o local onde a bala afetou na coluna. Ela fez um trauma raquimedular, ali na 11ª, 12ª costela”, disse.

Quanto a uma possível sequela, o profissional relatou ser cedo para fazer qualquer menção. Segundo ele, o paciente apresenta “fraqueza nas pernas". 

"Às vezes acontece de ter apenas uma contusão no local, apenas um ferimento local que o corpo pode recuperar. E a gente tem que aguardar. Nesse momento ele tem uma fraqueza nas pernas mas a gente não pode dizer que é permanente."

o PM reformado vem sendo acompanhado por uma equipe multidisciplinar, composta por psicólogos e funcionários do serviço social, em conjunto com a fisioterapia. 

Ao UOL, médico-cirurgião Caio Guimarães afirmou que o policial está paraplégico. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas