Pai é suspeito de matar bebê por ter nascido menina em Pernambuco

brasil
20.05.2019, 15:14:00
Atualizado: 20.05.2019, 16:07:35

Pai é suspeito de matar bebê por ter nascido menina em Pernambuco

'Nunca gostou de ter filha mulher', diz mãe, que é acusada por família do suspeito

Foto: Reprodução/TV Jornal

Devido a agressões supostamente sofridas pelo pai, uma bebê de quatro meses faleceu no último dia 18 em São Lourenço da Mata, interior de Pernambuco. De acordo com testemunhas, o crime foi praticado porque o homem, identificado como Augusto Silva da Cruz, 23 anos, queria que a bebê fosse um menino. A família dele contesta a versão.

Informações preliminares da polícia apontam que Augusto agredia a criança há pelo menos três meses. O suspeito está preso no Centro de Observação e Triagem Everaldo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife.

Foto: Reprodução/TV Jornal

A mãe da criança, Silvânia Maria Viana, disse à TV Jornal que o companheiro não queria a criança.

"Ele nunca gostou de ter uma filha mulher, né? Ele sempre queria ter um homem. Aí eu tive mulher, e ele não gostou. Ela tava brincando normal, aí quando eu tirei as roupas do lado de fora, pra lavar, aí quando eu voltei pra desligar o ventilador e a televisão ela já tava desacordada, toda roxa", afirmou Silvânia.

Inicialmente, ela tinha alegado que a bebê tinha tomado uma queda.

A conselheira tutelar Elisâma Fernando, no entanto, contestou a informação. "Tinha muitos sinais de espancamento, de maus tratos, e com vários hematomas", afirmou ela à TV Jornal.

Outro lado
No Instituto de Medicina Legal (IML), os únicos parentes que foram liberar o corpo da criança foram os paternos.

Emocionada, a bisavó paterna da vítima acusa Silvânia de ter praticado o crime, pois, segundo ela, era comum ela agredir os filhos. A bisavó afirmou ainda que a mãe da criança entrou em contradição várias vezes. 

"Ela que fazia maldade com as crianças e colocava pra cima dos homens. Ele nunca disse isso (que não queria uma menina)", afirmou a bisavó, sem se identificar.

A casa onde a mãe da menina morava foi destruída por moradores, que atearam fogo no imóvel. O casal tinha outro filho, que está com a avó. A mãe da menina até agora não foi encontrada.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/obras-hiper-realistas-de-giovani-caramello-sao-expostas-na-caixa-cultural/
Um dos destaques é Nikutai, com impressionantes 2,5 metros de altura
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/lula-diz-que-e-um-homem-melhor-do-que-quando-entrou-na-cadeia/
Segundo a organização, 200 mil pessoas compareceram a ato em Recife
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/conheca-a-turma-de-criancas-em-salvador-que-aprendeu-a-nao-sentir-mais-medo/
Projeto em escola discute medo, coragem e grandes dramas da vida para crianças de até 12 anos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/com-elenco-novo-the-crown-volta-para-mais-uma-boa-temporada/
Rainha Elisabeth, até então vivida por Claire Foy, agora é interpretada por Olivia Colman
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/manchas-de-oleo-voltam-a-aparecer-em-morro-de-sao-paulo/
Marinha retirou a substância no final da manhã
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/pedi-que-nao-atirassem-diz-pai-de-garoto-autista-morto-em-perseguicao-da-prf-em-piraja/
Garoto era autista e estava a caminho da escola; família acusa Polícia Rodoviária Federal
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/vitimas-de-acidente-de-aviao-na-bahia-tem-traumas-e-queimaduras-crianca-esta-entre-feridos/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/tenho-visto-coisas-incriveis-diz-rincon-sapiencia-sobre-artistas-baianos/
Prestes a lançar disco, rapper paulista comemora parcerias com Attooxxa e Duquesa
Ler Mais