Papa Francisco cobra isenção dos juízes e internautas veem indireta para Moro

brasil
04.07.2019, 15:46:30
(Fotos: Vatican Media/AFP)

Papa Francisco cobra isenção dos juízes e internautas veem indireta para Moro

Políticos como Dilma, Haddad e Boulos também embarcaram na onda

O Papa Francisco, em vídeo publicado nesta quarta-feira (4), ressaltou a importância dos juízes serem isentos durante processos. Para o pontífice, os magistrados tem papel fundamental para se combater injustiças e, para isso, devem ser “isentos de favoritismos e das pressões que possam contaminar as decisões que devem tomar”.

Durante a mensagem lida pela Vossa Santidade, imagens mostram uma encenação de uma audiência em que as partes mostram diferentes imóveis: de um lado um prédio em um resort; do outro, uma casa simples.

“Os juízes devem seguir o exemplo de Jesus, que nunca negocia a verdade. Rezemos para que todos aqueles que administram a justiça operem com integridade e para que a injustiça que atravessa o mundo não tenha a última palavra”, completa a mensagem.

Indireta?
Com os recentes vazamentos de conversas privadas de Sergio Moro, do procurador Deltan Dallagnol e de outros integrandes da "Força Tarefa", que colocaram em cheque a impacialidade do julgamento, diversos internautas interpretaram esta mensagem como uma indireta aos membros da operação. 

O candidato à presidência em 2018 pelo Psol, Guilherme Boulos, comentou na publicação no Twitter do pontífice. "Sérgio Moro também recebeu uma mensagem do papa", disse. Outro Psolista, o deputado federal Marcelo Freixo, também marcou o Ministro da Justiça no "recado do Papa".


Já o petista Fernando Haddad pontou: "Papa defende que juízes sejam isentos e como Jesus não negociem a verdade". A ex-presidente Dilma Rousseff também se manifestou. "Um recado de Sua Santidade, o Papa Francisco: 'Os juízes devem seguir o exemplo de Jesus. Que nunca negocia a verdade'", tuitou ela.



***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas