Papai Noel pega usuários do metrô de surpresa e faz a maior bagunça

salvador
10.12.2019, 00:05:00
Atualizado: 10.12.2019, 11:57:20
Bom velhinho foi de Pirajá até o Acesso Norte, e depois até Mussurunga, mas descendo em algumas estações (Foto: Betto Jr/ CORREIO)

Papai Noel pega usuários do metrô de surpresa e faz a maior bagunça

Bom velhinho circulou por estações e passeou nos vagões

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Dizem que para receber um presente do Papai Noel é preciso andar na linha, ser obediente e uma boa pessoa, mas foi ele quem entrou nos trilhos nesta segunda-feira (9). O bom velhinho pegou o metrô e fez a alegria dos usuários do sistema em várias estações, dentro e fora dos vagões. A ação fez parte do ‘Vem Pra Cá’, projeto da CCR Metrô Bahia, e que agrega lazer, cultura e ações sociais.

Papai Noel fez uma farra dentro do metrô (Foto: Betto Jr/ CORREIO)

A pequena Maria Luísa, 4 anos, estava entrando na Estação Rodoviária quando viu o bom velhinho e os animadores. Ela largou a mão da mãe e correu para abraçar o homem de vermelho. A cena provocou aquele “Oooh” nos adultos e foi somente o começo de uma aventura para a pequena. Sim, aventura.

Músicos e palhaços se apresentam na Estação Rodoviária (Foto: Betto Jr/ CORREIO)

Ela foi para os braços do palhaço que se equilibrava em um monociclo, e com as pernas presas na cintura dele deu voltinhas pela estação. Depois, pediu para ser carregada por um dos dois animadores em pernas de pau e lá do alto gargalhou. A mãe, a instrumentista e laceira Kelly Barbosa, 39, precisou esticar a menina pela mão para conseguir ir embora.

“Essa foi a primeira vez que ela viu o Papai Noel este ano, então, ficou alegre. Gostei da iniciativa do metrô. Foi uma ótima ideia. Agora, temos que ir porque o pai dela está no mercado esperando a gente. Ela (a filha) não tem medo de altura nem de cair, como dá para ver”, contou, enquanto tentava convencer a pequena a ir embora.

Maria Luísa, 4, se divertiu com o Papai Noel e os ajudantes (Foto: Betto Jr/ CORREIO)

E se engana quem pensa que são apenas as crianças que gostam e querem fazer foto com o Papai Noel. Patrícia Maria dos Santos, 42 anos, estava voltando do trabalho quando encontrou com o bom velhinho na Estação Acesso Norte. Imediatamente, sacou o celular da bolsa e pediu para fazer o registro.

Crianças e adultos se divertiram com o 'jeitinho baiano' do Papai Noel (Foto: Betto Jr/ CORREIO)

Há algumas semanas ela tentou fazer uma foto com o Papai Noel de um shopping center. Prometeu ao neto de 3 anos que fariam o passeio, mas nesse dia saiu tarde da casa da patroa e, quando chegou no local, o bom velhinho já tinha ido embora. Encontrar com ele por acaso foi tão gratificante que ela até se emocionou.

“Eu sou do interior e lá não tem essas coisas. A gente só vê na televisão. Tenho vontade de fazer foto com o Papai Noel desde que era menina, mas meus pais não tinham condições de me levar para fazer isso. Queria que meu neto estivesse comigo. Ele ia adorar”, contou, com os olhos marejados.

Patrícia Maria se emocionou com o Bom Velhinho (Foto: Betto Jr/ CORREIO)

Patrícia Maria pediu ao bom velhinho para gravar um vídeo no celular e mandou a gravação para o neto. Outras pessoas fizeram o mesmo. Em alguns momentos eram tantos flashes que o homem do Polo Norte parecia mais uma estrela de Hollywood ou uma celebridade da televisão. Se bem que, de certa forma, ele é.

Dentro dos vagões a bagunça não foi menor. Acompanhado de cinco músicos e cinco palhaços, dois deles em pernas de pau, era difícil passar despercebido. O Papai Noel brincou com os passageiros e fez até sinal de carona para o maquinista enquanto esperava pelo metrô em uma das estações.

Bom Velhinho e palhaços fizeram a festa dentro dos vagões (Foto: Betto Jr/ CORREIO)

A organizadora da ação, Camilla Brasil, explicou que o objetivo era misturar a tradição do Natal com a alegria do circo. Outras ações serão desenvolvidas ao longo do mês para celebrar o nascimento de Cristo.

“As ações de Natal fazem parte da programação do projeto 'Vem Pra Cá', onde a gente une música, lazer, cultura e baianidade dentro do metrô. A ideia foi trazer a magia do Natal para nossas estações, com o Papai Noel, a fanfarra e toda a alegria, pegando as pessoas de surpresa. Além disso, temos uma série de apresentações de corais e outras itinerantes, como a Música Afetiva, que vai passar pelas linhas 1 e 2 ao longo de dezembro”, detalhou.

Papai Noel pedindo carona para o maquinista (Foto: Betto Jr/ CORREIO)

Projeto Social
Os atores que deram vida aos palhaços que participaram da ação desta segunda-feira fazem parte de um projeto social desenvolvido no bairro da Saramandaia. O Arte Consciente atende crianças e adolescentes de 4 a 17 anos e oferece aulas de circo, capoeira, boxe, e percussão.

O fundador do projeto e arte educador, Antônio Marcos Gomes, explica: “O Arte Consciente surgiu há 17 anos como uma iniciativa para oferecer atividades para os jovens da comunidade, mas foi crescendo. Hoje, atendemos 100 crianças e adolescentes. Contamos com a ajuda de uma ONG, mas os recursos ainda são poucos. Estamos sem professor de boxe, no momento, por exemplo”, disse.

Atores fazem parte de projeto social em Saramandaia (Foto: Betto Jr/ CORREIO)

Ele contou que criou uma empresa de animação e que, quando os jovens assistidos pelo projeto fazem 18 anos, são contratados para serviços de entretenimento e animação, como o que aconteceu no metrô.

No final da tarde, foi a vez do Coral da Ucsal atrair os olhares dos passageiros e funcionários da CCR. Os músicos se apresentaram na Estação da Rodoviária, mesmo local em que fizeram show os corais Salesiano Dom Bosco, Coro Juvenil do Neojiba e Coral da Polícia Militar. Novas atrações estão agendadas para acontecer na mesma estação. Confira as próximas datas:

Corais

Flauta Doce do Neojiba – quarta-feira (11), às 17h;

Coral Educarte – quinta-feira (12), às 17h30;

Coral Cantares da Uneb - quinta-feira (19), às 17h30

Música Afetiva - Itinerante

Nesta terça-feira (10), às 10h. Roteiro: Estações Lapa, Campo da Pólvora, Acesso Norte e Rodoviária;

Sexta-feira (13), às 16h. Roteiro: Estações Pirajá, Lapa, Acesso Norte e Imbuí;

Terça-feira (17), às 10h. Roteiro: Estações Flamboyant, Aeroporto, Rodoviária e Acesso Norte;

Sexta-feira (20), às 16h. Roteiro: Terminal Mussurunga e as estações Mussurunga, Tamburugy, Acesso Norte e Pirajá;

Segunda-feira (23), às 10h. Roteiro: Estações Acesso Norte, Lapa, Rodoviária e Tamburugy.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas