Para 80% das brasileiras, cosméticos tiveram papel emocional no isolamento, aponta pesquisa

brasil
16.07.2021, 18:11:00
(Foto: Divulgação)

Para 80% das brasileiras, cosméticos tiveram papel emocional no isolamento, aponta pesquisa

O levantamento, feito pela Avon em parceria com consultoria Grimpa, foi apresentado durante o evento virtual promovido pela marca na noite desta quinta-feira (15)

A pandemia mudou os hábitos de muita gente. Uma pesquisa, realizada pela Avon em parceria com consultoria Grimpa, apontou que para 80% das mulheres brasileiras os produtos cosméticos apresentam um papel emocional, contribuindo para seu bem-estar no isolamento social. O levantamento inédito foi feito com cerca de mil mulheres em todo o país. 

 A pesquisa também identificou que 60% das entrevistadas passaram a ficar mais em casa durante a pandemia, o que levou a um momento de descolamento dos padrões estéticos e maior sensação de liberdade, e 67% afirmaram que o e-commerce se tornou o principal canal de compras nesse período. E quando precisaram sair de casa, as mulheres passaram a valoriza mais entre os hábitos de beleza perfume, batom e máscara de cílios. 

O levantando foi divulgado na noite desta quinta-feira (15), durante um evento online realizado pela marca. O projeto foi apresentado por Astrid Fontenelle e contou com a presença de nomes como a ex-BBB Juliette Freire, que também é embaixadora da Avon, as cantoras Pocah e Raquel Virgínia, o DJ Pedro Sampaio e a atriz Samantha Schmütz.

O evento online também apresentou o novo posicionamento da marca e o novo modelo comercial. O presidente da Avon Brasil, Daniel Silveira, falou sobre o papel da companhia na sociedade. “Entre os nossos pilares de transformação, está o rejuvenescimento da marca: toda a nossa história por 135 anos, agora, está potencializada e revigorada para mostrar como nos conectamos com o futuro. O que nos trouxe até aqui foram as nossas Representantes da Beleza Avon. Por isso, era fundamental criar um novo modelo de negócios, com plano de crescimento pensado para desenvolver nossa rede com mais confiança. Mais de 56% das mulheres que estão em nossa rede declaram que a Avon foi sua primeira atividade remunerada”, ressaltou Daniel.

Para Danielle Bibas, vice-presidente de marketing, o Olha de Novo reflete a história da marca que sempre acompanhou as conquistas e desafios das mulheres na sociedade. “Assim como as mulheres, a Avon está se renovando e se reinventando a cada passo. Elas se tornaram a essência da marca e nos incentivam a evoluir cada vez mais nas causas que abraçamos e no desenvolvimento dos nossos produtos – fortalecendo a beleza plural e democrática, tão diversa quanto o Brasil”, completa.

Gerente de causas do Instituto Avon e vice-presidente do Instituto Maria da Penha, Regina Célia comentou o alcance da atuação do braço-social da companhia. “Temos como missão facilitar o acesso das mulheres aos direitos fundamentais. As mulheres pretas são parte do segmento com maior prevalência da violência, principalmente física, psicológica e moral. Para cada segmento, o nível de vulnerabilidade se aprofunda e, entre as mulheres pretas, é mais grave”, completa. Nesses 18 anos desde a fundação da organização não-governamental, a Avon já investiu mais de R$170 milhões em prol do avanço das causas.

Representantes da Beleza
Como parte dessa nova trajetória da empresa, a Avon também implementa um novo modelo comercial, com foco principal em expandir a atuação e o desenvolvimento das Representantes da Beleza. Ao envolver novas possibilidades de crescimento para as profissionais, proporciona mais lucros, benefícios e vantagens exclusivas por meio de um ambiente online e de novas ferramentas digitais. Além de garantir mais agilidade e eficiência às vendas, a companhia também têm investido na capacitação das representantes, por meio de parcerias com empresas de educação, saúde e soluções financeiras.

O novo modelo comercial está atrelado a um processo de transformação digital que permite a continuidade e ampliação do trabalho das vendas por relações durante a pandemia. Como resultado, as vendas digitais da Avon aumentaram 132% globalmente, além do crescimento em volume e em vendas digitais no 1º trimestre de 2021, o que contribuiu para que o grupo Natura &Co, do qual a Avon faz parte desde 20202, chegasse ao crescimento de 24,6% em receita líquida nesse mesmo período.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas