Paulo Carneiro tem afastamento do Vitória prorrogado por mais 60 dias

e.c. vitória
26.10.2021, 21:28:00
Atualizado: 26.10.2021, 21:29:22
Paulo Carneiro segue afastado do Vitória (Almiro Lopes/ Arquivo Correio)

Paulo Carneiro tem afastamento do Vitória prorrogado por mais 60 dias

Dirigente é investigado por gestão temerária

Paulo Carneiro continuará afastado da presidência do Vitória. Nesta terça-feira (26), o Conselho Deliberativo do rubro-negro aprovou novo afastamento do dirigente por mais 60 dias. A votação foi unânime, com 50 votos para a prorrogação. Além disso, os trabalhos da Comissão de Ética, que investiga PC por gestão temerária, foram prorrogados por mais 45 dias.

Presidente do Conselho Deliberativo do Leão, Fábio Mota explicou a situação. "O que motivou o afastamento por 60 dias foi ele próprio. Ele entrou com um pedido para ouvir testemunhas e para fazer alegações finais do processo, então a comissão processante não tinha como concluir o processo todo até 2 de novembro, então isso foi o que motivou a prorrogação do afastamento por mais 60 dias. Nesses 60 dias, a comissão processante vai ouvir as testemunhas e vai receber as alegações finais dele no processo, para aí sim submeter o relatório final na reunião do Conselho daqui a 60 dias", disse. 

O adiantamento de remunerações feito por Paulo Carneiro durante a pandemia e a ausência de contrato entre o clube e a empresa Magnum, que recebeu R$ 3.586.068,00 do Vitória são as supostas irregularidades da gestão temerária registrada no relatório do Conselho de Ética.

Paulo Carneiro foi afastado da presidência do Vitória no dia 2 de setembro, quando o Conselho Deliberativo aprovou, em reunião extraordinária, o parecer da Comissão de Ética que recomendava o afastamento do dirigente por 60 dias, motivado por indícios de gestão temerária. O vice-presidente Luiz Henrique Vianna assumiu a função temporariamente. Também nesta terça, Vianna alegou problemas pessoais e pediu afastamento do cargo, com Fábio Mota assumindo o cargo de presidente por 30 dias a partir da próxima quinta-feira (28). 

Em contato com o CORREIO, Paulo Carneiro informou que, no momento, não poderia conceder entrevista. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas