'Perdemos um dos grandes nomes da nossa história', diz Neto sobre Elsimar Coutinho

bahia
17.08.2020, 13:49:00
Atualizado: 17.08.2020, 13:55:11
(Reprodução)

'Perdemos um dos grandes nomes da nossa história', diz Neto sobre Elsimar Coutinho

Prefeito lembrou amizade do médico com seu avô, Antônio Carlos Magalhães

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O prefeito ACM Neto lamentou a morte do médico baiano Elsimar Coutinho nesta segunda-feira (17). Internado no final de julho com covid-19, Elsimar não resistiu às complicações da doença e faleceu hoje no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo.

“A Bahia e Brasil perdem um patrimônio, uma inteligência rara, com essa triste partida do professor Elsimar Coutinho, cuja contribuição para a medicina e para a ciência é reconhecida  em todo o planeta”, disse Neto. “Perdemos um dos grandes nomes da nossa história, uma pessoa que não tinha nenhuma vaidade e que veio ao mundo para servir. Sua dedicação à humanidade o fez publicar centenas de trabalhos científicos em revistas reconhecidas pela comunidade médica internacional". 

O prefeito também lembrou da amizade do cientista com a família Magalhães, especialmente com o seu avô Antonio Carlos Magalhães. “Que Deus possa confortar a todos os seus familiares e  amigos", deseja o prefeito.

Elsimar  estava internado com covid-19 desde 20 de julho. Inicialmente, ele deu entrada no Hospital Aliança, em Salvador, mas foi encaminhado para o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, no dia 30 daquele mês. Desde então, estava internado na unidade de saúde na capital paulista, onde morreu hoje, em decorrência das complicações causadas pela covid-19.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas