PF prende dois com dinheiro falso enviado pelos Correios

brasil
18.11.2019, 22:29:45
Atualizado: 18.11.2019, 22:32:26

PF prende dois com dinheiro falso enviado pelos Correios

Em caso de condenação, podem pegar de 3 a 12 anos de reclusão, além de multa

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Polícia Federal prendeu em flagrante duas pessoas em Pernambuco que receberam cédulas de dinheiro falsas pelos Correios.

A área de inteligência da PF descobriu que falsários em São Paulo, ainda não identificados, enviaram remessas de cédulas falsas para diversas cidades do País.

A primeira remessa foi retirada em Encruzilhada, bairro da capital pernambucana, no último dia 7.

Um estudante foi surpreendido quando retirava a encomenda na agência dos Correios. Após abrir o pacote, os policiais federais encontraram 40 notas de R$ 100, totalizando R$ 4 mil.

O segundo flagrante ocorreu nesta segunda, 18, desta vez na casa da destinatária, uma técnica em administração. Com ela, foram encontradas 50 cédulas falsas de R$ 10 e cinco de R$ 100, totalizando R$ 1 mil.

Ambos foram levados para a Superintendência da Polícia Federal no Cais do Apolo e autuados pelo crime de adquirir moeda falsa.

Em caso de condenação, podem pegar de 3 a 12 anos de reclusão, além de multa.

Após a autuação, os presos passaram por exame de corpo de delito no Instituto de Medicina Legal e foram encaminhados para audiência de custódia, sendo liberados. Eles irão responder ao processo na Justiça Federal, em liberdade.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas