PM recaptura morador de rua com covid-19 que fugiu de hospital em mototáxi

em alta
08.04.2020, 15:16:54
(Foto: Reprodução)

PM recaptura morador de rua com covid-19 que fugiu de hospital em mototáxi

Situação inusitada ocorreu em Parintins (AM), onde há 5 casos de coronavírus

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um morador em situação de rua internado desde o início do mês com covid-19 fugiu do hospital na tarde desta terça-feira (7) em Parintins, cidade do interior do Amazonas, estado que já registra 630 casos confirmados do novo coronavírus e corre risco de colapso no sistema de saúde. As informações são do portal G1.

O homem, que não teve identidade divulgada, deixou a unidade médica ainda com eletrodos colados pelo corpo durante um surto, segundo a Coordenação de Vigilância em Saúde local. Após deixar o hospital a pé, ele subiu em um mototáxi, mas acabou alcançado por policiais militares.

De acordo com o prefeito de Parintins, Bi Garcia, o homem é um dos cinco casos confirmados de covid-19 na cidade. Ainda segundo o gestor, o paciente fugiu após ter um surto de abstinência.

"Ele estava internado. É um andarilho, usuário de drogas. No processo de abstinência, surtou e conseguiu fugir do hospital. Ele foi imediatamente recapturado e internado novamente. Está isolado e em tratamento para o coronavírus", afirmou o prefeito.

Na fuga, o homem deixou o Hospital Jofre Cohen andando, apenas usando uma bermuda. Após ser recapturado pela Polícia Militar da cidade, foi levado para um centro de tratamento psicológico. Atualmente, o homem tem sintomas brandos da covid-19.

A Coordenação de Vigilância em Saúde agora faz investigação epidemiológica para localizar pessoas que possam ter entrado em contato com o paciente, incluindo o mototaxista.

Em contato com a Rede Amazônica, a Polícia Civil que atua no município disse acompanhar o caso. "Vamos buscar informações sobre ele. Ele pode ser indiciado".

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas