Polícia acha esconderijos de quadrilha que fez arrastão em posto

bahia
25.07.2018, 13:39:00
Atualizado: 25.07.2018, 15:38:09

Polícia acha esconderijos de quadrilha que fez arrastão em posto

Operação na região de Amélia Rodrigues teve 130 policiais

Uma operação conjunta entre as polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal localizou os esconderijos usados por uma quadrilha que assaltou um posto na BR-324, na região de Amélia Rodrigues. O bando, que já vinha sido investigado pela 3ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Santo Amaro), continua sendo procurado.

Nos acampamentos, a polícia encontrou roupas camufladas, munições, balanças, lanterna, drogas e pinos para armazenar entorpecentes. Todo material foi apreendido. Nenhum dos suspeitos foi localizado nos locais. Cerca de 130 policiais participaram da ação.

Uma segunda etapa da Operação Amélia Livre vai cumprir mandados de prisão preventivos na região. A polícia não informou quando esta segunda parte da ação vai ocorrer. 

Um dos acampamentos achados (Foto: Divulgação)

Suspeito morto
Um dos suspeitos de participar do arrastão no posto, Evanildo Borges dos Santos, o Van dos 3 Riachos, morreu na madrugada deste domingo (22) em operação da Polícia MIlitar. 

A SSP-BA informou que chegou até Evanildo através de uma informação anônima de que ele estava, desde o assalto, se escondendo em uma casa, no município de Conceição de Jacuípe, no Centro-Norte.

Militares do Pelotão Especial Tático Ostensivo (Peto) da 20ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Santo Amaro) foram para o local, fizeram uma campana e, por volta de 1h deste domingo (22), Van dos 3 Riachos foi abordado na entrada do imóvel, quando chegava.

"Ele atirou nos PMs, pulou o muro da residência e se escondeu em um dos cômodos. As equipes tentaram, novamente, capturar o criminoso, mas houve novo confronto. Van dos 3 Riachos acabou atingido, chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos", afirmou a SSP-BA, em nota.

Uma pistola calibre 380 e munições foram apreendidas. Os outros quatro homens que participaram do assalto seguem foragidos.

Grupo  chegou a usar armamentos pesados durante o assalto; veja vídeo da ação:

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas