Polícia Federal faz operação contra desvio de dinheiro público

brasil
11.05.2010, 11:53:02

Polícia Federal faz operação contra desvio de dinheiro público

Oraganização investigada teria faturado mais de R$1 bilhão nos últimos cinco anos

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Polícia Federal, a Controladoria Geral da União, a Receita Federal e o Ministério Público Federal realizam, nesta terça-feira (11), a Operação Parceria, contra um grupo suspeito de desviar recursos públicos por meio de uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip).

Serão cumpridos 14 mandados de prisão e 40 de busca, em empresas e casas no Paraná, em São Paulo, Goiás, Maranhão e Pará. Participam da ação cerca de 160 policiais federais, 35 servidores da controladoria e 40 da Receita.

Pelo menos 11 pessoas foram presas nesta manhã. A parceria do poder público com organizações sociais que prestam serviços em áreas consideradas 'socialmente sensíveis', como a saúde, a educação, a profissionalização e a assistência social é prevista por lei federal.

Segundo a Polícia Federal, a organização investigada faturou mais de R$ 1 bilhão nos últimos cinco anos. Desse total, R$ 300 milhões teriam sido desviados em favor de pessoas e empresas que participavam de projetos envolvendo a entidade e o poder público. Somente em Londrina (PR), cerca de R$ 10 milhões foram usados em despesas que não foram comprovadas.

(As informações são do G1)

Leia mais notícias de Brasil

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas