Polícia Militar da Bahia forma 89 aspirantes-a-oficial

bahia
28.10.2020, 19:21:46
Atualizado: 28.10.2020, 19:32:44
(Divulgação/PM-BA)

Polícia Militar da Bahia forma 89 aspirantes-a-oficial

Estiveram presentes o governador Rui Costa (PT) e o comandante geral da PM-BA, coronel Anselmo Brandão, além de outras autoridades

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Polícia Militar da Bahia (PM-BA) realizou na tarde desta quarta-feira (28) a solenidade de conclusão do Curso de Formação de Oficiais em 2020, na área cívica da Vila Policial Militar do Bonfim (VPMB), com a formatura de 89 aspirantes-a-oficial, turma Coronel Edson Franklin de Queiroz, sendo 79 homens e 10 mulheres.

Estiveram presentes o governador Rui Costa (PT), comandante geral da PM-BA, coronel Anselmo Brandão, o secretário da Segurança Pública (SSP), Maurício Barbosa, o diretor de Ensino da Academia da Polícia Militar (APM), coronel Jorge Ubirajara, e o diretor do Instituto de Ensino e Pesquisa (IEP), coronel Lázaro Monteiro, entre outras autoridades.

“Nós temos dado prioridade à capacitação e à formação, inclusive acelerando o curso da carreira dos oficiais e dos praças. Valorizar esse momento é importante”, afirmou o governador. 

(Mateus Pereira/GOVBA)

“Essa é uma data solene muito importante para a Polícia Militar e para os aspirantes-a-oficiais, pois é o início da carreira de oficialato de cada um deles. Hoje é a formatura de 89 novos aspirantes que, daqui a um ano, chegarão a tenente da Polícia Militar ao cumprir o estágio de um ano. Isso faz parte da nossa política de formação e capacitação de servidores”, explicou Maurício Barbosa.

O prêmio Coronel Antônio Medeiros de Azevêdo, concernente à espada (arma-símbolo do oficial) e a medalha General Dionísio Cerqueira foram concedidos ao aspirante-a-oficial Valfredo Brito Teles Júnior, 1º colocado na classificação geral do curso em reconhecimento ao mérito intelectual.

Os prêmios 10º e 41º Corpos de Voluntários da Pátria, os quais aludem à bravura de policiais baianos que perderam a vida de forma heroica, em campo de batalha, durante a Guerra do Paraguai, foram entregues os aspirantes-a-oficial Igor Figueiredo de Andrade e Luiz Felipe Silva Brito por terem obtido as melhores médias das matérias do ensino fundamental e profissional do curso de formação.

Durante a cerimônia, foi realizada uma homenagem ao patrono da turma, coronel Franklin de Queiroz, através do Bacharel em Direito André Franklin de Queiroz, neto do homenageado. 

“Parabenizo a todos os novos aspirantes desta Polícia Militar por esta importantíssima conquista. Desejo-lhes uma carreira iluminada e gloriosa sob as bênçãos de Deus”, declarou o comandante geral, coronel Anselmo Brandão.

A solenidade foi realizada respeitando o protocolo de distanciamento, uso de máscaras e cuidados gerais com relação à pandemia do covid-19.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas