Polícia prende pai de menina de 3 anos que morreu após ser estuprada no oeste Bahia

bahia
06.01.2022, 19:17:51
(Reprodução/TV Oeste)

Polícia prende pai de menina de 3 anos que morreu após ser estuprada no oeste Bahia

O homem chegou a participar do enterro da criança e se preparava para fugir quando foi detido

O pai de Ilana Pereira Santos, de 3 anos, que morreu após ser estuprada no povoado de São Pedro, Formosa do Rio Preto, no oeste da Bahia, foi preso pela Polícia Civil nesta quarta-feira (6). 

Segundo a PC, após a prisão do homem, a mãe de Ilana informou que seu companheiro de fato foi o responsável pelo crime e afirmou que ele praticou "atitudes satânicas" contra a criança, as  informações são da TV Oeste.

O homem, de 33 anos, é acusado de estupro de vulnerável com resultado de morte, crime considerado hediondo. A polícia pediu a prisão temporária do suspeito e aguarda resposta do poder judiciário.

Ele foi detido logo após de ter participado do enterro da criança. De acordo com o delegado Arnaldo Alves do Monte, um dos responsáveis pelo caso, o suspeito estava em cima de uma moto e se preparava para fugir quando foi abordado.

A polícia ainda solicitou exames de constatação de estupro para os outros cinco filhos menores do casal. O Conselho Tutelar também foi acionado e a guarda das crianças foi passada para uma tia.

Laudo pericial confirma estupro

Divulgado nesta terça (4), o laudo pericial da morte de Ilana confirmou que a criança foi vítima de abuso sexual há cerca de 15 dias, as informações são da TV Oeste. 

Segundo o delegado, o estupro provocou lesões internas no baço, fígado e pulmão da criança, que desenvolveu um quadro de embolia pulmonar.

O caso

Uma menina de 3 anos faleceu na tarde desta segunda-feira (3), na cidade de Luís Eduardo Magalhães, no oeste da Bahia, após ser vítima de estupro.

Conforme informações iniciais dadas pela médica pediatra que atendeu a criança, identificada como Ilana Pereira Santos, ela foi levada para a UPA do município com marcas de violência sexual, febre e vômito. A menina acabou não resistindo aos ferimentos e foi a óbito.

Após o ocorrido, os policiais foram acionados, solicitaram guias de perícia e remoção do corpo e intimaram os familiares da vítima para esclarecimentos.

De acordo com o delegado Joaquim Rodrigues, titular da Delegacia Territorial de Luís Eduardo Magalhães, o caso aconteceu na localidade conhecida como "Vila São Pedro", na zona rural de Formosa do Rio Preto, também no oeste do estado.



***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas