Policial flagra gatinho sendo arremessado de carro, autua motorista e adota filhote

em alta
29.05.2020, 12:44:59
Atualizado: 29.05.2020, 12:48:12
(Foto: Divulgação / PRF)

Policial flagra gatinho sendo arremessado de carro, autua motorista e adota filhote

Condutor não deve responder por crime e alegou que não tinha condições de criar o bichano

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O que era para ser uma história trágica teve um final feliz na tarde desta quinta-feira (28) em Santa Catarina. Uma dupla de agentes da Policia Rodoviária Federal (PRF) flagrou um motorista arremesando um filhote de gato pela janela do carro, parou o veículo e autou o condutor. 

"Vimos tudo, ele chegando no acostamento, abrindo o vidro e arremessando o animalzinho. Disse que não tinha condições de criá-lo", disse ao jornal Zero Hora o policial rodoviário João Paulo Haas, da delegacia de Lajes.

O motorista tem 39 anos e não teve o nome divulgado. O ato gera um termo circunstanciado, sem prisão do autor do crime. O agente Haas afirma que, infelizmente, muitos animais são vistos "à própria sorte nas rodovias", como ele definiu, mas ressaltou que a atitude é criminosa, passível de sanções. 

O filhote é macho, com cerca de um mês de vida, e ficou bastante assustado com ocorrido, segundo o agente. Após ser resgatado, ele foi alimentado e terá um novo tutor: o próprio policial rodoviário que o socorreu.

"Depois que o alimentamos, ele se acalmou. Deu uma volta na viatura da PRF e já tem um lar. Só estou pensando no nome, vou deixar para o meu sobrinho batizar o novo animalzinho da família", afirmou Haas.

Nas imagens, divulgadas pela PRF, o bichinho parecia bem a vontade, saudável, enrolado no colo do policial, deitado sobre seu braço e ainda passeando sobre o capô do veículo oficial. O bichano tem cores mescladas de branco e cinza e, mesmo após ter sofrido a brutalidade, não teve ferimentos aparentes.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas