Por vaga na semifinal do Baiano, Vitória encara o Doce Mel

e.c. vitória
26.07.2020, 05:00:00
O goleiro César será o protetor do gol do Vitória contra o Doce Mel (Letícia Martins / ECVitória)

Por vaga na semifinal do Baiano, Vitória encara o Doce Mel

Em situação delicada, Leão tentará evitar segunda eliminação consecutiva no estadual

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A última rodada da fase classificatória do Campeonato Baiano promete render muitas emoções ao torcedor do Vitória. A situação do Leão é tão delicada que somente o triunfo interessa para haver possibilidade do rubro-negro avançar às semifinais. É vencer o Doce Mel ou dar adeus ao estadual. A bola rola neste domingo (26), às 16h, no Joia da Princesa, em Feira de Santana. Sem risco de ser rebaixado, mas também sem chance de seguir adiante, o adversário entra em campo apenas para cumprir tabela. 

O problema é que o Vitória já não depende apenas das próprias forças para avançar às semifinais. Se vencer, automaticamente ganha pelo menos uma posição por causa do confronto direto entre Bahia de Feira e Juazeirense. Precisaria de mais uma, que poderia vir em caso de empate entre ambos ou se o Atlético não ganhar do Jacuipense ou ainda se o Bahia perder do Fluminense de Feira - nesta última hipótese, o Leão teria que tirar quatro gols de diferença de saldo para o tricolor. Se o Vitória empatar ou perder diante do Doce Mel, a eliminação é certa.

O Vitória soma 12 pontos e está na 6ª posição na tabela. Com mesma pontuação, porém melhor saldo de gols (3 contra 1), o Bahia de Feira está na 5ª colocação. Ambos têm um ponto a menos que a Juazeirense, que fecha o G4. Apenas os quatro primeiros colocados avançam para as semifinais.

Esse é o segundo ano consecutivo que o Vitória chega à última rodada da fase classificatória do Campeonato Baiano com a corda no pescoço. No ano passado, o Leão ficou fora das semifinais por perder para o Fluminense de Feira, por 2x0, no Barradão, no jogo derradeiro. A eliminação em 17 de março foi um dos fatores que resultaram no afastamento de Ricardo David da presidência do clube e na realização de nova eleição, vencida por Paulo Carneiro em 24 de abril de 2019. A última vez que o Vitória conquistou o título estadual foi em 2017. Nos últimos dois anos, o caneco ficou com o Bahia. 

Time

Diante desse cenário, Bruno Pivetti fará o terceiro jogo dele à frente do Vitória. Como o time encarou uma decisão contra o Ceará pela Copa do Nordeste no sábado (25), quando perdeu por 1x0, o técnico não tem todo o elenco à disposição para o duelo do estadual. Por isso, a tendência é que ele faça apenas uma alteração na escalação com relação ao time que empatou com o Bahia de Feira em 1x1 na última quinta-feira (23), quando o volante Jean garantiu o resultado aos 50 minutos da etapa final.

Suspenso na Copa do Nordeste, o atacante Vico deve reforçar o Leão no Campeonato Baiano. Como o recém-contratado Mateusinho foi um dos destaques do rubro-negro na rodada anterior, Negueba é quem deve perder a posição e ficar como opção entre os reservas.

O Vitória deve ir a campo contra o Doce Mel com César, Léo, Gabriel Furtado, John e Rafael Carioca; Jean, Figueiredo e Matheus Tenório; Mateusinho, Júnior Viçosa e Vico.

Vale lembrar que o Leão disputou as sete primeiras rodadas do Campeonato Baiano com o time de aspirantes, que era treinado por Agnaldo Liz. O técnico foi demitido e o projeto desfeito quando a competição foi suspensa em consequência da pandemia de coronavírus. Antes da retomada do estadual, o Vitória estava dentro da zona de classificação, mas não em posição confortável, na 4ª colocação.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas