Prefeito de Feira de Santana anuncia 'passaporte da vacina' após chegada da delta

coronavírus
27.08.2021, 18:05:00
Atualizado: 27.08.2021, 18:05:39
(Tomaz Silva/Agência Brasil)

Prefeito de Feira de Santana anuncia 'passaporte da vacina' após chegada da delta

O gestor afirma que a comprovação da vacinação será exigida a todos os trabalhadores do município

Durante uma coletiva de imprensa, na manhã desta sexta-feira (27), o prefeito de Feira de Santana Colbert Martins (MDB) anunciou que irá publicar um decreto que define a obrigatoriedade da apresentação da carteira de vacinação em estabelecimentos comerciais. 

A transmissão foi feita nos perfis oficiais da prefeitura para debater estratégias para o enfrentamento à pandemia de covid-19, após a confirmação de casos da variante delta no município.

“A prefeitura está decidindo agora a obrigatoriedade da vacina de todos aqueles que trabalham no município. A exigência vai ser da apresentação de cartão de vacinação completo, quando é o caso, ou então com a primeira dose.Nós estamos também editando um decreto, ainda hoje, para que os prestadores de serviços de um forma geral, possam também fazer essas exigências”, disse o prefeito.

Colbert afirmou que irá determinar que estabelecimentos exijam o cartão de vacinação das pessoas que queiram acessar os locais. “E é importante que as pessoas possam exigir também a máscara. Nesse caso específico [da variante delta], essa pessoa não usava máscara regularmente, e ele convivia com várias pessoas durante o dia. Portanto, para a sua proteção e para a minha proteção, você precisa também exigir, como consumidor, que aquele que está lhe atendendo tenha os mesmos cuidados que você tenha consigo próprio”, continua.

Ele também quer estender essa medida a toda a cidade, para os prestadores de serviço em geral, como atendentes de shoppings, estabelecimentos comerciais e salões de beleza. "Vamos baixar um decreto, essse tipo de determinação já existe em vários lugares do mundo e vamos fazer aqui também".

O prefeito disse ainda que vai solicitar na reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) uma maior quantidade de imunizantes para primeira e segunda doses, para ampliar a vacinação na cidade. "Mesmo as vacinas mais fortes existe uma queda do fator protetor ao longo do tempo, é necessário de fazer reforço de terceira dose, e nós vamos fazer também", completou.

Em Feira, 360.820 pessoas foram vacinadas com a primeira dose da vacina contra a covid-19, desde o início da campanha de vacinação, em 19 de janeiro. Deste quantitativo total, 155.020 receberam as duas doses da vacina. Mais 8.008 receberam a vacina de dose única.

Casos confirmados da variante delta

Após 52 dias do primeiro caso da variante Delta no Brasil, a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) anunciou os primeiros casos da variante no estado. O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) detectou nesta quinta-feira (26), por sequenciamento genético, três amostras da variante Delta e uma da variante Beta no estado.

A Delta, originalmente conhecida como B.1.617.2, existe desde o final do ano passado, e nos últimos meses tornou-se rapidamente dominante em muitos países. Estimativas apontam que essa variante é entre 60% e 200% mais transmissível do que o vírus original.

Segundo a secretária estadual da Saúde em exercício, Tereza Paim, amostras da Delta foram detectadas em pacientes de Feira de Santana e no município de Vereda, no extremo sul da Bahia. Além disso, em um navio de bandeira estrangeira, a Sesab detectou um terceiro caso da Delta e um caso da variante Beta. A secretária destacou que, apesar da detecção dessas variantes, a Gamma ainda é responsável por quase 80% das infecções no estado.

“Dois tripulantes de um navio com bandeira estrangeira testaram positivo para a variante Delta e Beta, porém, neste caso, a embarcação estava em isolamento, impossibilitando contactantes. Já as duas outras amostras foram detectadas em pacientes residentes nos municípios de Feira de Santana e Vereda”, afirma Tereza Paim.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas