Prefeitura de SP quer barreiras sanitárias para barrar disseminação da variante indiana

coronavírus
22.05.2021, 15:27:28
Atualizado: 22.05.2021, 15:31:30
(Divulgação/GovMS)

Prefeitura de SP quer barreiras sanitárias para barrar disseminação da variante indiana

Proposta foi apresenta ao Ministério da Saúde neste sábado. Barreiras seriam controladas pela Anvisa

O secretário municipal de Saúde de São Paulo, Edson Aparecido, se reuniu na manhã deste sábado com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, para apresentar proposta de que aeroportos, rodoviárias e rodovias tenham barreiras sanitárias para conter a disseminação da variante indiana do coronavírus.

A proposta paulistana tem objetivo de fiscalizar o trânsito de pessoas vindas do Maranhão, estado em que o primeiro caso de contaminação pela nova variante foi registrado, e da Argentina, onde também houve casos. Para os passageiros que venham pela via aérea, seriam exigidos testes negativos para Covid do tipo RT-PCR.

As barreiras sanitárias seriam coordenadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), conforme disse Aparecido à Globo News. O secretário também declarou que o ministro da Saúde "viu com bons olhos" as sugestões feitas.

As ações nas rodoviárias podem começar a valer a partir da segunda-feira (24), segundo Aparecido, onde chegam dois ônibus por semana vindo do estado maranhense.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas