Prefeitura vai fiscalizar circuitos do Carnaval para evitar aglomerações em Salvador

salvador
18.02.2022, 09:35:00
(Manu Dias/GOVBA/Arquivo)

Prefeitura vai fiscalizar circuitos do Carnaval para evitar aglomerações em Salvador

Praias e eventos que sigam decreto estarão liberados

O prefeito Bruno Reis anunciou nesta sexta-feira (18) que equipes de fiscalização vão ficar nos locais tradicionais de circuito do Carnaval no período em que a festa aconteceria, como maneira de evitar aglomerações. O Carnaval foi cancelado pelo segundo ano seguido por conta da pandemia de covid-19. Um decreto estadual proíbe festas de rua até 2 de março.

"Vamos ter operações especiais para tentar coibir aglomerações. Teremos equipes permanentes onde seria o circuito tradicional de Barra-Ondina e equipes no circuito do Centro, inclusive no Centro Histórico. Todas as outras equipes estarão atuando em todos os quatro cantos da cidade, fazendo as operações à medida que as denúncias vão chegando", disse o prefeito nesta manhã.

Ele pediu a colaboração da população. "O fato, evidente, sempre deixei claro, é impossível, uma cidade de 3 milhões de habitantes, a prefeitura não tem equipe para estar cobrindo toda cidade. A gente pede a compreensão e colaboração das pessoas", acrescentou.

Bruno disse que a rede municipal terá aulas no período. "Tomamos a decisão de não decretar ponto facultativo durante o período que seria do Carnaval. Segunda, terça e quarta pela manhã, que tradicionalmente decretávamos ponto facultativo, esse ano a prefeitura terá expediente normal. As escolas municipais funcionarão normalmente".

O prefeito sinalizou que os números da pandemia estão em queda. "Estamos com o fator RT mais baixo de toda a pandemia, 0.19. Já começa a ter uma queda expressiva de casos. Ainda, verdade, temos ocupação alta de leitos de UTI pediátricas, os de adultos estão caindo. Mas ainda não é hora de aglomerar, de parar de nos cuidar. É importante usar máscara. Espero que esse seja o último Carnaval que nós passamos nossa situação", disse.

Praias e eventos
Questionado sobre se as praias de Salvador terão alguma restrição durante o período, Bruno disse que não. "Será um final de semana como outro qualquer, esperamos que seja assim. Não temos condições de fechar as praias, não vamos fechar as praias", afirmou.

Os eventos particulares estão permitidos na cidade, com limite de 1,5 mil pessoas, conforme decreto estadual. Quem seguir os protocolos poderá fazer eventos assim, afirmou Bruno. "Uma série de medidas têm que ser cumpridas para os eventos serem licenciados. Como não foram suspensos, estão permitidos. A prefeitura estará fiscalizando. Os eventos que solicitarem e cumpram as exigências do decreto, a prefeitura vai autorizar".

O Correio Folia tem patrocínio da Goob e apoio da AJL, Jotagê Engenharia e Comdados
 

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas