Primeiro leão branco nascido na Espanha é rejeitado pela mãe após parto traumático

em alta
10.06.2020, 20:05:00
White King, o primeiro filhote de leão branco nascido na Espanha, é apresentado à imprensa no Parque Guillena, em Sevilha, Espanha, em 10 de junho de 2020 (Cristina Quicler/AFP)

Primeiro leão branco nascido na Espanha é rejeitado pela mãe após parto traumático

Filhote White King estava com fome, frio e desidratado e precisou ser afastado dos pais

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Nascido em em 31 de maio, o leão branco White King foi rejeitado pela mãe depois de um parto muito sofrido. O filhote é o primeiro leão branco que vem ao mundo em um parque zoológico na Espanha.

Juan Luis Malpartida, diretor do Mundo Park em Guillena, cidade próxima a Sevilha, no sul da Espanha, enche o pequeno com abraços, carinhos e cuidados. O animal, que mais parece um bichinho de pelúcia, segundo o próprio diretor, depois do abandono materno, tem que ser alimentado com uma espécie de mamadeira.

"O parto foi ruim", disse Malpartida à agência France Presse. "A mãe, uma leoa branca trazida da Tailândia há quatro anos, deu à luz 14 ou 15 dias depois do esperado."

O filhote "nasceu grande", muito pesado no momento do parto. O diretor, que vive rodeado de felinos desde criança, disse não saber como a leoa conseguiu dar à luz: "Imagine quanto o animal passou mal."

White King, o primeiro filhote de leão branco nascido na Espanha, é alimentado por cuidador do Reserva Guillena World Park, em Sevilha, em 10 de junho de 2020
White King, o primeiro filhote de leão branco nascido na Espanha, é alimentado por cuidador do Reserva Guillena World Park, em Sevilha, em 10 de junho de 2020 (Cristina Quicler/AFP)

Três dias depois de ver que não mamava na mãe porque ela "não estava dando conta", Malpartida passou a tomar conta do filhote em isolamento da mãe. Ele disse que o pequeno estava com hipotermia, hipoglicemia e desidratado.

"[Esta quarta] foi o primeiro dia em que o vejo com a cabeça erguida, tentando correr", disse o cuidador quem reforçou que a mãe está calma, após a separação. Segundo ele, a leoa voltou a se aproximar do chefe da alcateia.

O zoológico que cuida de White King está fechado para visitantes por conta do coronavírus, mas deve ser reaberto ainda nesta semana após medidas de relaxamento da quarentena impostas pelo governo central do país. O leãozinho, porém, deve continuar afastado dos pais, recebendo cuidados diretos da equipe do zoo, enquanto se recupera.

Segundo ele, o pequeno será reintegrado aos pais assim que possível. "Embora seja um assunto delicado, porque mais tarde se tornará uma competição para o pai", disse o diretor do zoo.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas