Procurado por homicídio é preso vendendo drogas na Estação da Lapa

salvador
20.01.2018, 20:02:38
Atualizado: 20.01.2018, 20:18:05

Procurado por homicídio é preso vendendo drogas na Estação da Lapa

Segundo a polícia, Rafael Guimarães, 28 anos, confessou assassinato

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Rafael estava com a prisão preventiva decretada desde abril de 2017 (Foto: Divulgação/SSP)

Com um mandado de prisão em aberto por homicídio, Rafael dos Santos Guimarães, 28 anos, foi preso por policiais do Grupo Especial de Repressão a Roubos em Coletivos (Gercc), nesta sexta-feira (19), no momento que vendia maconha na Estação da Lapa, em Salvador.

De acordo com o delegado José Nélis, titular do Gercc, o suspeito foi flagrado por uma equipe da unidade que fazia incursões na Lapa para investigar e prevenir a ação de assaltantes de ônibus.

“Ele confessou que executou a vítima na localidade de Jaguarari, em Cosme de Farias”, disse o delegado, conforme nota divulgada pela Secretaria da Segurança Pública (SSP).  

Segundo registro no sistema do Tribunal de Justiça do Estado (TJ-BA), Rafael começou a responder pelo crime em abril de 2014. Três anos depois, em abril do ano passado, a prisão preventiva dele foi decretada pela juíza Andrea Sarmento Netto. A vítima foi uma pessoa com as iniciais D. C. B. de S.

Segundo o delegado José Nélis, além do mandado de prisão cumprido, também foi lavrado um auto de prisão em flagrante por tráfico de drogas.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas