Projetar Salvador como polo de expansão imobiliária é objetivo do XI fórum de sustentabilidade da Ademi-BA

salvador
01.12.2020, 19:19:29
Atualizado: 01.12.2020, 21:19:08
(Foto: Igor Santos/Secom PMS)

Projetar Salvador como polo de expansão imobiliária é objetivo do XI fórum de sustentabilidade da Ademi-BA

Evento totalmente gratuito e online ocorre de 1o a 3 de dezembro e terá nomes como Nizan Guanaes

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Transformar Salvador em um importante vetor de expansão imobiliária sendo um novo polo de atração de pessoas, investimento, renda e possibilidades é o objetivo do XI Fórum de Sustentabilidade – Exportando Salvador, da Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário da Bahia (Ademi-BA). Virtual e gratuito, o evento ocorre entre 1º e 3 de dezembro com transmissão no canal da Associação no YouTube.

Para alcançar este objetivo, o evento investe em temas que norteiam as singularidades do destino, ideias e conceitos atuais do marketing aplicado a localidades, a força da marca Salvador e cases de sucesso de produtos já exportados pela cidade. 

“O evento marca a mudança não só do formato, mas também a retomada do crescimento do mercado imobiliário, muito influenciada pela mudança de comportamento de todos nós. Passamos por um ano de grandes desafios, vivemos ainda muitas dúvidas, mas sempre tem a única certeza que o melhor é ficar em casa e ter a sua casa, essa é a grande oportunidade. Serão três dias de muitas palestras e muito conteúdo”, afirmou o presidente da Ademi-BA, Cláudio Cunha, durante a abertura do evento nesta terça-feira (1º). 

O diretor de assuntos ambientais e gestão sustentável da Ademi-BA, Rafael Valente, explicou que o tema "Exportando Salvador" foi fruto da indagação sobre o que pode ser feito para ter uma Salvador melhor para que as crianças possam crescer e optar por morar na capital baiana. Ele ressaltou que a cidade tem vários atrativos, mas só agora possui um conjunto de fatores mais favoráveis para a exportação da cidade. "Tivemos uma convergência política com um excelente governo municipal e estadual, com isso, reformamos as orlas, temos o centro de convenções mais moderno da América Latina, resolvemos o problema de mobilidade, reformamos o aeroporto com arquitetura autoral”, citou durante abertura do evento.

Valente aponta que a cidade já estava pronta para atrair novos moradores, mas chegou a pandemia acelerando ainda mais algumas tendências que devem beneficiar Salvador. “O surgimento do home office permanente. Se minha empresa vai trabalhar com home office permanente porque eu vou morar em São Paulo pagando o dobro do que pagaria em Salvador com um clima pior e longe do mar? Essa provocação é excelente para atrair moradores para Salvador”, apontou.

O diretor trouxe ainda outras tendências que podem impactar o setor imobiliário na capital, como a facilidade das compras online e um mais atento do consumidor imobiliário para saúde e conforto. “Existe hoje uma janela de oportunidade no cenário macroeconômico. Selic na mínima histórica, financiamento imobiliário em alta e euro e dólar em alta. Está muito barato para quem ganha dinheiro lá fora comprar imóvel em Salvador. Salvador é de longe, com tranquilidade posso dizer, o melhor custo e benefício de investimento imobiliário do país”, afirmou Valente.

Entre os nomes confirmados no evento estão Nizan Guanaes, publicitário, Caio Esteves, fundou a primeira consultoria especializada em Place Branding do Brasil, e Nilson Sarti, Conselheiro e ex- presidente da Ademi-BA.

No primeiro dia, será debatido ‘Case de exportação de Salvador e Oceano Azul’. No dia 2 de dezembro, o foco será na ‘Baía de Todos e City Branding’. No último dia, o Fórum vai discutir ‘Patrimônio histórico e a Marca Salvador’. As inscrições podem ser feitas pelo site do projeto https://exportandosalvador.com.br. O evento conta com o apoio da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis da Bahia (ABIH-BA).

PROGRAMAÇÃO
01/12 - Case de exportação de Salvador e Oceano Azul
Maestro Ricardo Castro
Ricardo leciona desde 1992 na classe de mestrado da Haute École de Musique de Lausanne, Suíça e dedica-se com obstinação às atividades de integração e desenvolvimento social, criando oportunidades inéditas para jovens e crianças.
Camilo Gaitan Garcia
Professor Associado da BLUE OCEAN ACADEMY | BLUE OCEAN GLOBAL NETWORK
Nilson Sarti
Conselheiro e ex- presidente da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário da Bahia ADEMI-BA, Vice-presidente de área da CBIC e Presidente da Comissão de Meio Ambiente e Sustentabilidade da Câmara Brasileira da Indústria da Construção CMA/CBIC.

02/12 - Baía de Todos e City Branding
Isabela Suarez

Advogada, Empresária do setor imobiliário, Coordenadora do Núcleo de Sustentabilidade da Associação Comercial da Bahia e Presidente da Fundação Baía Viva.
Vilfredo Schurmann
Autor de “Navegando com Sucesso” e está escrevendo seu próximo livro sobre a busca do submarino U-513. É palestrante e responsável pelos projetos educacionais do Instituto Kat Schurmann.
Caio Esteves
Fundou em 2015 a Places for Us, a primeira consultoria especializada em Place Branding do Brasil.

03/12 - Patrimônio histórico e a Marca Salvador
Francisco Senna

Graduado em arquitetura e urbanismo na UFBA e pós-graduado com especialização em conservação e restauração de monumentos e conjuntos históricos na UFBA/UNESCO e em Florença/ Itália.
Nizan Guanaes
CEO da N.Ideias, Nizan Guanaes é hoje estrategista de comunicação das principais marcas do Brasil.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas