Projeto mapeia profissionais LGBTQIA+ que atuam na área do audiovisual em Salvador

salvador
19.01.2022, 18:50:00
(Foto: Myla Guimarães)

Projeto mapeia profissionais LGBTQIA+ que atuam na área do audiovisual em Salvador

O banco de dados dará origem ainda a um documentário

O Projeto Película Colorida vai mapear profissionais LGBTQIA+ que atuam na área do audiovisual em Salvador. Objetivo é lançar um website com currículos e perfis de pessoas que trabalhem na área. O banco de dados dará origem ainda a um documentário.

Gratuitas, as inscrições começam na segunda-feira (24), vão até 25 de fevereiro e podem ser feitas por meio do link (clique aqui)

É do banco de dados que sairão alguns personagens para o documentário. A produção audiovisual vai promover um espaço de troca de conhecimentos, pluralidade de falas e representações, discutindo sobre diversidade de gêneros e sexualidades no campo da cultura, mais especificamente no mercado de produção audiovisual. O filme vai reunir depoimentos, registrar e documentar o protagonismo, atuação e vivências desses profissionais e será veiculado no canal do projeto no Youtube

Todo o processo pode ser acompanhado ainda pelas redes sociais, tanto no Facebook, quanto no Instagram: @peliculacolorida. O projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia, através da Secretaria de Cultura, Prêmio Cultura na Palma da Mão/PABB, via Lei Aldir Blanc, redirecionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas