Projeto que promove acessibilidade na praia de Ondina é lançado

salvador
25.01.2014, 15:56:00
Atualizado: 25.01.2014, 16:00:22

Projeto que promove acessibilidade na praia de Ondina é lançado

Pessoas com deficiência física podem tomar banho de mar em cadeiras anfíbias na praia de Ondina nos finais de semana

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A capital baiana ganhou neste sábado (25) um projeto que promove a acessibilidade de pessoas com deficiência física ou com mobilidade reduzida na praia de Ondina. O 'Para-Praia' foi lançado nesta praia, em frente ao Instituto Brasileiro de Reabilitação (IBR). A expectativa é que em média 30 pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida desfrutem com segurança do verão de Salvador.

Em Ondina,o Para-Praia acontece sempre aos sábados e domingos até o dia 16 de fevereiro


A praia adaptada para pessoas com deficiência física é uma iniciativa da Secretaria Cidade Sustentável (SECIN), através da Prefeitura de Salvador. Com o projeto, pessoas com deficiência física podem tomar banho de mar em cadeiras anfíbias, por exemplo.

O evento de abertura contou com um café da manhã e com a presença do prefeito ACM Neto; do secretário municipal da Cidade Sustentável, Ivanilson Gomes; do representante da Secretaria Estadual de justiça e Direitos Humanos, Alexandre Baroni; e da presidente da Associação Baiana de Deficiente Físico (ABADEFI), Luiza Câmara, além de pessoas com deficiência, familiares e amigos. Logo após a abertura do projeto, cadeiras anfíbias começaram a ser utilizados pelos banhistas, acompanhados por alunos e professores do curso de fisioterapia da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, que apoia o projeto.

“Acessibilidade é um dos princípios básicos de uma cidade sustentável. Vivemos em uma península, cercados de mar por todos os lados e as pessoas com deficiência têm muita dificuldade de lazer nesses espaços. Por isso o Para praia chegou em Salvador. Para dar acesso a esporte e lazer a quem sempre teve dificuldades", afirmou o secretário da Cidade Sustentável, Ivanilson Gomes.

Já o prefeito ACM Neto disse que todo projeto da nova orla respeita a acessibilidade para que todas as praias possam receber as pessoas com deficiência física. “A acessibilidade também vai permitir que esse projeto possa ser estendido também para outras regiões da cidade. É nossa intenção que este projeto aconteça o ano inteiro”, disse o gestor.

A praia adaptada para pessoas com deficiência física é uma iniciativa da Secretaria Cidade Sustentável


Em Ondina, a primeira edição do Para-Praia acontece sempre aos sábados e domingos até o dia 16 de fevereiro, equipada com cadeiras anfíbias flutuantes, piscina, espaços para atividades recreativas, banheiros especiais, sombreiros, tendas e pistas de acesso à praia.

A Secretaria Estadual de Justiça e Direitos Humanos também apoia o projeto, que tem patrocínio do Banco Itaú e Salvador Shopping e assinatura da Nossa Agência Marketing. O 'Para-Praia' também é apoiado por Salva Vidas e educadores físicos.

Confira abaixo detalhes sobre a Para-Praia:





Reportagem iBahia:
Projeto que promove acessibilidade na praia de Ondina é lançado

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas