Quarta pessoa morta é encontrada em escombros de desabamento em Fortaleza

brasil
17.10.2019, 07:58:09
Atualizado: 17.10.2019, 11:03:32
Resgate no edifício Andréa que desabou no dia 15 de outubro, no Dionísio Torres (FCO FONTENELE/O Povo Online/Rede Nordeste)

Quarta pessoa morta é encontrada em escombros de desabamento em Fortaleza

Não há nenhuma confirmação de vítima viva em comunicação com as equipes de resgate

O Corpo de Bombeiros retirou o corpo de um homem dos escombros do Edifício Andréa, por volta das 7 horas desta quinta-feira, 17. Já é a quarta morte confirmada. Com essa atualização, seis pessoas permanecem desaparecidas e outras sete foram encontradas com vida. A Perícia Forense trabalha na identificação do homem.

O número é menor do que o divulgado nos últimos dois dias. Conforme o Corpo de Bombeiros, a confusão foi gerada devido a duplicidade nos nomes dos resgatados.

O POVO Online apurou que, no momento, não há nenhuma confirmação de vítima viva em comunicação com as equipes de resgate. Surgiram indícios de uma viva no fim da noite dessa quarta-feira, 16, mas não há confirmação. 

De acordo com o comandante Eduardo Holanda, do Corpo de Bombeiros, as equipes buscam uma possível sinalização num ponto onde já está atuando.

"Pelo nosso estudo de situação, bate com o que os nossos cães, drones e câmeras térmicas (indicaram). Estamos procurando pessoas que podem sim estar vivas", explica. "O cão já tinha nos sinalizado e ontem chegou informe que poderia ter havido algum tipo de sinalização sonora". O comandante responsável pela operação de resgate confirma ainda que não há pessoas visualizadas nas operações.

Holanda explica que a operação segue os métodos e protocolos estabelecidos para resgatar o maior número de pessoas com vida. "Em locais onde há sinalização que possa haver vítimas, a gente faz todo um deslocamento de material de forma manual e com ferramentas manuais. Pontualmente, usamos maquinário em locais que não vão comprometer a estrutura da cena, nem a segurança do bombeiro, como forma de agilizar as intervenções. Uma intervenção feita com maquinário em 30 minutos pode durar horas manualmente", conclui.

As vítimas

A primeira pessoa encontrada morta é Frederick Santana dos Santos, de 30 anos. Ele estava trabalhando como entregador de água com outros dois colegas quando o Edifício Andréa desmoronou. Fred não conseguiu escapar. Amigos dele contaram ao O POVO Online que Fred juntava dinheiro para fazer uma festa de aniversário para a filha.

Após a publicação da matéria, diversas pessoas passaram a se organizar para realizar a festa. Nos comentários da postagem no perfil do instagram do O POVO Online, usuários se manifestaram. Para se ter uma ideia, a publicação passou de 52 mil curtidas e 3,9 mil comentários em menos de 24 horas.

O segundo corpo resgatado é da professora aposentada Izaura Marques, de 81 anos. Ela morava no apartamento 501 com o marido, conforme informou uma amiga da família. A mulher seria carioca e já vivia em Fortaleza há muitos anos.

Outro corpo, também de uma mulher, foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros. O local, no entanto, é de difícil acesso. Ela não foi identifica até a publicação desta matéria. Apenas um profissional do Corpo de Bombeiros tem acesso ao local.

No segundo dia, as equipes de busca encontraram o corpo de duas mulheres. A primeira, por volta das 7h30min, não foi identificada pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social.

O corpo de Izaura Marques Menezes, 81, foi encontrado à tarde e encaminhada para a Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) a fim de que fosse realizada a identificação por meio do exame de arcada dentária. A aposentada era avó de Fernando Marques, a primeira pessoa resgatada com vida. Sua filha e seu esposo ainda estão entre os escombros.

No começo da noite desta quarta-feira, o coronel do Corpo de Bombeiros, BM Holanda, afirmou que a operação vai terminar somente quando todas as pessoas forem resgatadas.

O balanço divulgado no começo da noite é de três pessoas mortas no desabamento, com o caso do fim da noite são seis pessoas desaparecidas. Aproximadamente 150 bombeiros atuam nas buscas.

As informações são de O Povo Online, da Rede Nordeste.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/lula-diz-que-e-um-homem-melhor-do-que-quando-entrou-na-cadeia/
Segundo a organização, 200 mil pessoas compareceram a ato em Recife
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/conheca-a-turma-de-criancas-em-salvador-que-aprendeu-a-nao-sentir-mais-medo/
Projeto em escola discute medo, coragem e grandes dramas da vida para crianças de até 12 anos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/com-elenco-novo-the-crown-volta-para-mais-uma-boa-temporada/
Rainha Elisabeth, até então vivida por Claire Foy, agora é interpretada por Olivia Colman
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/manchas-de-oleo-voltam-a-aparecer-em-morro-de-sao-paulo/
Marinha retirou a substância no final da manhã
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/pedi-que-nao-atirassem-diz-pai-de-garoto-autista-morto-em-perseguicao-da-prf-em-piraja/
Garoto era autista e estava a caminho da escola; família acusa Polícia Rodoviária Federal
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/vitimas-de-acidente-de-aviao-na-bahia-tem-traumas-e-queimaduras-crianca-esta-entre-feridos/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/tenho-visto-coisas-incriveis-diz-rincon-sapiencia-sobre-artistas-baianos/
Prestes a lançar disco, rapper paulista comemora parcerias com Attooxxa e Duquesa
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/adolescente-tambem-morreu-em-acao-que-teve-motorista-de-app-executado-em-piraja/
Vídeo mostra homem assassinando condutor antes de ser morto por agentes da PRF
Ler Mais