Recuperados após contaminação pela covid-19 não foram mais reinfectados

coronavírus
03.05.2020, 16:41:00
Atualizado: 03.05.2020, 17:32:33
(Foto: Shutterstock)

Recuperados após contaminação pela covid-19 não foram mais reinfectados

Segundo a líder técnica da OMS, Maria van Kerkhove, os casos não voltaram a apresentar vírus vivos nem reativação da doença

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Pessoas que se recuperaram do novo coronavírus após atestarem positivo para a doença não foram reinfectadas, segundo a líder técnica da OMS (Organização Mundial da Saúde), Maria van Kerkhove. Em entrevista ao programa Andrew Marr Show, da TV britânica BBC, ela disse que os testes estão reagindo com células mortas que surgem durante o processo de cicatrização dos pulmões.

“Não são vírus ativos, não é reinfecção, nem reativação”, disse. A líder técnica pontuou que os cientistas ainda não têm certeza se doentes que foram curados e criaram os anticorpos estão imunizados, muito menos qual a potência da imunidade e por quanto tempo ela dura.

Acesse aqui para ler todas as matérias sobre o novo coronavírus​​​​​​​

Ainda de acordo com Maria van Kerkhove, os resultados positivos em pessoas já curadas acontecem porque os testes do tipo PCR, ou moleculares, analisam o material genético do coronavírus. O material genético do vírus presente nas células mortas do pulmão que são expelidas depois pelos pacientes acabam sendo detectadas no processo.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas