Região Metropolitana de Salvador tem serviços mais inflacionados do país em junho

economia
24.06.2022, 15:31:00
(Paula Fróes/CORREIO)

Região Metropolitana de Salvador tem serviços mais inflacionados do país em junho

Gasolina e energia elétrica residencial são principais fatores da alta

A alta dos combustíveis e energia residencial pesaram a taxa que mede a prévia da inflação no país. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15) da Região Metropolitana de Salvador teve aumento de 1,16% em junho, acumulando alta de 6,51% no ano de 2022. É a maior inflação acumulada no Brasil. Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

O aumento foi resultado da crise nos setores de serviço, sobretudo, Transportes (2,90%) e habitação (1,35%). A alta nos transportes foi influenciada pelo preço dos combustíveis, como a gasolina. O transporte público também tem participação, com valorização da passagem aérea e do ônibus urbano. Já na habitação, a energia elétrica residencial teve queda em maio, mas voltou a subir em junho. Foi a baixa no preço do gás do botijão que segurou o crescimento da média. 

Por outro lado, o grupo alimentação, teve aumento, mas controlado. O principal motivo dessa desaceleração foi a queda nos preços dos tubérculos, raízes e legumes, em especial, da cenoura, item com a maior queda absoluta na RMS em junho.

No cálculo anual, a região já soma 13,26%, valor atrás apenas da RM Curitiba e Paraná (14,45%). 
 

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas