Reis comenta volta de Kiki Bispo à Câmara e saída do PV da base

salvador
19.04.2022, 11:06:52
(Reprodução)

Reis comenta volta de Kiki Bispo à Câmara e saída do PV da base

Mudanças na gestão foram publicadas extraordinária do Diário Oficial do Município

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (União Brasil), comentou, na manhã desta terça-feira (19), as recentes mudanças em seu governo. Em edição extraordinária do Diário Oficial do Município desta segunda (18) foram divulgadas a saída de Kiki Bispo (União Brasil) do comando da Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza, Esporte e Lazer (Sempre) e a chegada da vereadora Marcelle Moraes (União Brasil) à gestão. Marcelle assumirá a pasta de Sustentabilidade e Resiliência.

O vereador Kiki Bispo retorna à Câmara Municipal de Salvador com a missão de reforçar a base de apoio a Bruno, que, recentemente, perdeu a aliança com o atual presidente da Casa, Geraldo Jr. (MDB). Ao ser restabelecida a antiga aliança entre o MDB e o PT na Bahia, Geraldo foi indicado como pré-candidato a vice na chapa petista que disputará as eleições em outubro próximo. 

“Kiki volta para a Câmara, já era um desejo dele, para reforçar nosso time na Câmara. Vai atuar como primeiro vice-líder. Ao lado de Paulo Magalhães Jr. vai estar liderando as votações, aprovação das matérias importantes para que nossa cidade continue avançando. É um vereador extremamente qualificado que volta para a Câmara Municipal ainda com mais experiência, mais preparado para enfrentar os desafios daqui para a frente”, avalia o prefeito. 

A Sempre será interinamente gerida por Daniel Ribeiro Silva, que já atua como diretor na pasta e acumulará as funções. 

Federação PT e PV
A base do prefeito perdeu também o Partido Verde, em consequência de uma federação firmada com o PT e o PCdoB. Diante da questão, a então secretária de Sustentabilidade e Resiliência, Edna de França Ferreira, foi substituída pela vereadora Marcelle Moraes. 

Durante a coletiva, Bruno fez questão de destacar a “parceria” com a sigla, apesar da saída inevitável. Destacou ainda a permanência do vereador André Fraga na base de apoio na Câmara Municipal. 

“O PV é um grande parceiro. Parceiro de primeira hora desde 2012. Ajudou muito a cidade nesses últimos 10 anos. Temos cases de sucesso e hoje somos uma referência no mundo na área de sustentabilidade, resiliência. A legislação brasileira sofeu alterações com a chegada da federação. Foi uma decisão nacional do partido que acaba repercutindo aqui na Bahia. O PV estará no próximo pleito em um outro projeto diferente do nosso. Conversando com os líderes locais houve, de ambas as partes o reconhecimento da nossa história juntos. Muitos nome do PV continuarão colaborando com o nosso projeto, em especial o vereador André Fraga, esse grande quadro e talvez um dos principais nomes desta área da luta em defesa do meio ambiente”, comenta o prefeito.
 
Novo na base do governo do Estado, o PV já conquistou o direito a uma indicação. A legenda terá o comando da Empresa Gráfica da Bahia (EGBA), para a qual indicou como diretor-geral o administrador e professor universitário Luiz Araújo. 
 

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas