Renê volta a treinar, Edigar é poupado e Eduardo se despede

e.c. bahia
30.11.2017, 17:00:00
Renê Júnior treinou normalmente nesta quinta-feira (30) (Marcelo Malaquias / EC Bahia )

Renê volta a treinar, Edigar é poupado e Eduardo se despede

Em fim de contrato, lateral está suspenso e não enfrentará o São Paulo na última rodada do Brasileirão

O Brasileirão ainda não acabou, mas já tem jogador se despedindo no Fazendão. Nesta quinta-feira (30), o lateral-direito Eduardo cumprimentou alguns integrantes da comissão técnica. Suspenso, o jogador não enfrentará o São Paulo no domingo (3), às 16h, no Morumbi, e, por isso, já não está mais treinando com o grupo no campo. Como o contrato dele com o Bahia se encerra em dezembro, Eduardo só voltará ao centro de treinamento tricolor se tiver o contrato renovado. Apesar de já ter iniciado as despedidas, ele ainda irá ao Fazendão na sexta-feira (1º), mas apenas para fazer atividades na academia. 

Assim como Eduardo, o meia-atacante Zé Rafael também não jogará contra a equipe paulista porque levou o terceiro cartão amarelo. Com tendinite, o jogador realizará tratamento de fisioterapia até sexta e depois entrará de férias. Com contrato até dezembro de 2020, Zé Rafael só não se reapresentará ao Bahia em janeiro se for negociado. O volante Feijão também está suspenso, mas treinou em campo com o restante do grupo nesta quinta-feira (30).

Quem também apareceu no gramado foi Renê Júnior. Com cansaço muscular, o volante foi poupado dos treinos de terça (28) e quarta (29), mas participou da atividade desta quinta normalmente e vai enfrentar o São Paulo. Com isso, o Bahia deve ter duas mudanças para o jogo no Morumbi. O zagueiro Eder será improvisado na direita no lugar de Eduardo. Aniversariante do dia, Régis deve ganhar a vaga de Zé Rafael. Queixando-se de cansaço muscular, o atacante Edigar Junio foi poupado do treino, mas está confirmado diante do São Paulo. 

A tendência é que o técnico Paulo Cézar Carpegiani mande o Bahia a campo com: Jean, Eder, Tiago, Thiago Martins e Juninho Capixaba; Edson, Renê Júnior, Allione, Régis e Mendoza; Edigar Júnior. 

Com 49 pontos, o Bahia é o 11º colocado do Brasileirão. O São Paulo está em 12º lugar, com a mesma pontuação, porém pior saldo de gols (2 contra -1). 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas