Réveillon em Salvador deve ter 5 dias de festa, diz prefeito

salvador
06.08.2021, 11:00:00
(Betto Jr./Secom)

Réveillon em Salvador deve ter 5 dias de festa, diz prefeito

Festa deve acontecer entre 29 de dezembro e 2 de janeiro. Carnaval também está sendo planejado

O prefeito Bruno Reis revelou que o réveillon e o Carnaval de Salvador já estão sendo planejados pela prefeitura. No entanto, ele não adiantou mais detalhes sobre as festas e que apenas no momento oportuno tudo deve ser divulgado.

"Eu tenho evitado falar em réveillon, falar de Carnaval, para não colocar os carros na frente dos bois, mas o réveillon de Salvador já está preparado, já tenho as atrações praticamente fechadas", disse o prefeito, nesta sexta-feira.

O evento que celebra a chegada do ano novo tem até datas definidas. "De 29 a 2 de janeiro, com atrações reservadas. Mas no momento certo, na hora certa, eu vou falar sobre isso", completou.

Segundo ele, todos os detalhes devem ser divulgados junto com informações sobre o evento-teste, que deve ser realizado na cidade. O intuito é definir os protocolos para a realização de shows e festas de grande porte em Salvador. 

"Cada dia com sua agonia, mas nós estamos preparados para fazer como sempre fizemos, e posso garantir para vocês o maior réveillon do Brasil", completou.

O prefeito destacou ainda a importância desses eventos para a economia de Salvador. "Estávamos na pandemia e planejamos a cidade, elaborando o planejamento estratégico para nossa cidade. Enfrentamos o coronavírus, vencemos a guerra, evitando o colapso da nossa cidade. Não descuidei de nenhuma ação de nossa cidade e tem ações que são importantes, como esses eventos que marcaram sempre a estratégia de promoção de Salvador no Brasil e no mundo".  
 

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas