Rodoviários fazem paralisação e Salvador fica sem ônibus neste domingo

salvador
22.05.2022, 12:30:22
(Marina Silva/CORREIO)

Rodoviários fazem paralisação e Salvador fica sem ônibus neste domingo

Categoria havia anunciado a paralisação

Salvador está sem ônibus neste domingo (22). Os rodoviários cumpriram a promessa de paralisação e os ônibus não saíram das garagens.

A Estação da Lapa, um dos terminais mais movimentados da cidade, ficou completamente vazio. A paralisação afeta os sistemas regular, do consórcio Integra, e complementar (Stec). 

(Marina Silva/CORREIO)
(Marina Silva/CORREIO)
(Marina Silva/CORREIO)
(Marina Silva/CORREIO)

De acordo com nota divulgada pelo sindicato, a paralisação é para chamar atenção do poder público, após 50 dias de negociação entre a categoria e os empresários. 

"Serão 24 horas de interrupção do serviço que servirá de alerta para os empresários e para a prefeitura de Salvador que também tem tratado com morosidade a questão dos trabalhadores da CSN que aguardam a venda dos terrenos da extinta empresa para o recebimento das verbas indenizatórias dos mais de 3 mil trabalhadores", disse em nota, o sindicato.

Em nota, a Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) informou que preparou um plano de contingência utilizando ônibus do Sistema de Transporte Complementar (STEC) para garantir o atendimento de transporte à população e minimizar os impactos da suspensão do serviço. 

"Porém, desde o início da manhã deste domingo (22), representantes do Sindicato dos Rodoviários estão nas portas das garagens do STEC impedindo a saída dos veículos. Agentes de fiscalização da Semob estão nas ruas e estações para orientar os usuários sobre a paralisação do transporte", diz o comunicado.

A Semob tambpem afirma que que está à disposição para intermediar as negociações pelo aumento salarial, "buscando garantir uma definição satisfatória para ambas as partes e evitar um prejuízo maior para os usuários do transporte", encerra o comunicado.

A estudante Clara Andrade foi uma das prejudicadas pela paralisação. Moradora do Imbuí, teria que ir até a Federação este domingo.

"Eu teria que assistir um curso de capacitação na faculdade hoje, e quase desisti de ir quando lembrei da paralisação. Acabei pedindo um Uber, que saiu bem mais caro", relata.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas