Roger fala sobre seu estilo e promete Bahia aguerrido em campo

e.c. bahia
04.04.2019, 16:38:00
Primeiro contato de Roger com o elenco será nesta sexta-feira (5) (Foto: Divulgação)

Roger fala sobre seu estilo e promete Bahia aguerrido em campo

Treinador conheceu as instalações do Fazendão e projetou trabalho no tricolor

Novo técnico do Bahia, Roger Machado desembarcou em Salvador na manhã desta quinta-feira (4) e logo de cara revelou as suas características e qual estilo de jogo promete implantar no tricolor. Segundo o treinador, a estrutura tática montada por Enderson Moreira vai ser aproveitada, mas claro, vai ganhar a sua cara.

"Eu pego uma estrutura tática muito bem montada pelo Enderson, mas claro que aí vai a minha pitada também. Eu gosto de um jogo mais apoiado, com posse de bola, mas não a posse de bola como fim, a posse de bola tem que ser meio para desequilibrar o adversário e ser agudo na direção do gol", explicou Roger, antes de completar:

Estudioso e ofensivo, Roger chega com missão de ajustar o Bahia

"Um time tem que ser competitivo, tem que demonstrar o que o torcedor da arquibancada também deseja, se entregar do início ao fim, que tenha comprometimento com a história e grandeza da instituição. Tudo isso eu tenho certeza que o torcedor vai ver dentro de campo, um time aguerrido, dedicado, sempre procurando os êxitos para deixar a torcida feliz no retorno para casa".

No primeiro dia de tricolor, nada de trabalho em campo. Como o elenco ganhou folga nesta quinta-feira, Roger aproveitou para conhecer as instalações do Fazendão. Além dele, chegaram ao Bahia também o preparador físico Paulo Paixão, o auxiliar Roberto Ribas e o analista de desempenho Jussan Lara.

O primeiro contato com os jogadores só vai acontecer nesta sexta-feira (5), quando Roger Machado vai comandar o primeiro treino e será apresentado oficialmente. Apesar disso, o treinador garante que não vai ter problemas de adaptação.

"Eu conheço praticamente todos os jogadores do Bahia. Com alguns eu joguei contra, com outros trabalhei, como Douglas, Clayton, Artur, ano passado no Palmeiras. Alguns eu já admirava de ver jogar, jovens de importantes valores, jogadores experientes com trajetórias vitoriosas dentro do clube. Temos um grupo com capacidades e qualidades diferentes que dão ao treinador a possibilidade de optar por diferentes sistemas", avaliou.     

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas